iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/08 - 18:11

Dinamite repudia declarações de Edmundo

Presidente também cobrou mais união para tentar levar o time para longe da zona de rebaixamento do Brasileiro

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Há um mês como presidente do Vasco, Roberto Dinamite tem tido trabalho diante de tantos problemas. Nesta sexta-feira, o dirigente esteve no Vasco-Barra, onde conversou com o grupo cruzmaltino. Na pauta, Roberto cobrou mais união para tentar levar o time para longe da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

“Não é A, B ou C. Estamos trabalhando para ver o Vasco forte. E não estou falando do Edmundo. Ou todo munto se junta, ou vamos ter que ficar apagando incêndio. E acho que não é isso que ninguém quer aqui”, afirmou Dinamite.

O presidente do Vasco, no entanto, defendeu Jean e Leandro Bomfim, acusados por Edmundo de simularem lesão para não enfrentar o Atlético-MG, na última quinta-feira. Os dois, assim como o volante Jonílson, estavam entregues ao departamento médico.

“Acho que foi uma declaração impensada do Edmundo, uma coisa que não soma nada para a gente. Tenho laudos médicos que comprovam que os três jogadores estavam machucados”, assegurou Roberto Dinamite.

Enquanto isso, o meia Morais não apareceu para treinar na tarde desta sexta-feira, apesar da reunião realizada pela manhã, quando os dirigentes decidiram perdoar o jogador por ter se recusado a enfrentar o Atlético-MG.

Leia mais sobre: Vasco Roberto Dinamite Edmundo

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo