iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

01/08 - 11:01

Atleticanos lamentam “desastre” em São Januário
Contra o Vasco, o Atlético-MG amargou a sua terceira goleada sofrida no Brasileirão deste ano

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Envergonhados, os jogadores do Atlético-MG tentaram explicar o vexame do time na goleada por 6 a 1 para o Vasco no Rio de Janeiro, resultado que culminou na demissão do técnico Alexandre Gallo. De volta à equipe alvinegra após dois meses contundido, o volante Rafael Miranda admitiu a atuação desastrosa.

“Foi um desastre. A gente vinha de uma vitória dentro de casa, fazia planos de vir aqui em São Januário, aproveitar da má fase do Vasco e buscar o resultado positivo. A gente entrou mole, não entrou da forma que combinamos, um time muito apático, sem personalidade', criticou o jogador, que, recuperado de uma lesão na coxa esquerda, entrou no segundo tempo do duelo no Rio.

O experiente César Prates, que também voltou ao time nesta quinta-feira, após cumprir suspensão no triunfo sobre o Vitória, também não economizou nas críticas ao desempenho do Galo. “Estávamos irreconhecíveis, não conseguimos jogar, não conseguimos apresentar aquela entrega que a gente sempre teve, pelo menos. É difícil não conquistar resultado fora de casa, ganhar apenas dentro de casa”, afirmou.

Contra o Vasco, o Atlético amargou a sua terceira goleada no Brasileirão. Antes, perdera por 5 a 1 do São Paulo no Morumbi e 4 a 0 contra o Botafogo no Engenhão. Na 15ª posição, com 18 pontos, o time volta a campo no domingo, quando pega o Sport no Mineirão. Se ainda não venceu fora, o time está invicto em casa.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo