iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

31/07 - 12:24

Valdívia minimiza dura de Luxa: “Ele teve razão em me tirar”

O mal-entendido entre Valdívia a Luxemburgo se deu quando o técnico substituiu o meia no segundo tempo

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Depois de ouvir palavras secas do técnico Vanderlei Luxemburgo na coletiva de imprensa após a vitória palmeirense por 1 a 0 sobre o Flamengo nesta quarta-feira no Parque Antártica, o chileno Valdívia recuou.

Durante o lançamento de seu novo modelo de chuteira em um hotel na zona sul de São Paulo, o camisa dez do Verdão reconheceu que o treinador tomou a decisão correta em substituí-lo e afastou qualquer possibilidade de crise com Luxa ou com o elenco palestrino.

Todo o imbróglio entre Valdívia e Palmeiras começou aos dez minutos do segundo tempo do duelo com o Fla, quando Luxa sacou o chileno de campo para a entrada de Maicossuel. Assim que deixou o gramado, o meia foi direto para os vestiários do Parque e sequer assistiu ao final da partida do banco de reservas, como é de praxe.

Depois do duelo Luxemburgo não poupou críticas ao atleta, dizendo inclusive que Valdívia tem de pensar mais no grupo e menos em si próprio. Mas Valdívia tratou de colocar ‘panos quentes’ para amenizar a situação. “Nossa relação é boa, e eu acredito que o Luxa sabe que eu não sou um mau caráter ou um jogador ruim para o grupo”, iniciou o camisa dez.

“Não fui direto para o vestiário porque ele me tirou do jogo. Depois, em casa fiquei pensando, e vi que o Vanderlei teve razão em me tirar. Eu já tinha cartão amarelo e estava um pouco cansado”, reconheceu.

Valdívia também não ficou incomodado por levar um puxão de orelha público do treinador palmeirense e assegurou que não vê problemas em pedir desculpas para o restante do elenco alviverde. Tudo em nome do melhor para o Palmeiras.

“Se o Luxemburgo bateu pesado, não tem problema. Não é a última bronca que vou levar dele. Ele fala, mas também escuta. Vamos conversar e esclarecer tudo”, comentou. “Continuo gostando do Vanderlei e torço para que o que aconteceu ontem não estrague o nosso relacionamento. Se for para eu pedir desculpas, peço. Não há problema”, prosseguiu.

O chileno aproveitou ainda para esclarecer de forma superficial o motivo de sua ida direto para os vestiários do Palestra Itália, mas não sem antes deixar um clima de mistério no ar.

“Não tive problema com o treinador ou com o grupo e não estou arrependido pelo que fiz. Não saí direto para o vestiário porque tinha sido substituído, mas sim porque estava chateado com alguns problemas. Não vou falar quais, prefiro me reservar nesse sentido. Mas seria tonto de ficar chateado com o Vanderlei”, finalizou.


Leia mais sobre: Valdívia Luxemburgo Palmeiras Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Polêmica
Valdívia foi substituído no começo do segundo tempo e saiu com cara de poucos amigos

Topo