iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

31/07 - 08:27

Spezia: tradição e colapso
Clube centenário vive grave crise financeira e teve inscrição negada no Campeonato Italiano

Trivela.com

É sempre chato tratar de questões jurídicas quando o assunto deveria ser o futebol. Quem acompanha o futebol italiano na Trivela já deve ter lido algo sobre a falência de nove times italianos. Na Bota, os times são avaliados por uma comissão (Covisoc), que analisa as finanças dos clubes, autorizando – ou não – a jogar o Campeonato Italiano. E um desses clubes é o histórico Spezia Calcio, tradicional time da região da Ligúria.

Mesmo sem títulos importantes, o Spezia Calcio 1906 é um time com uma torcida fanática, que sempre acompanhou a equipe por toda a Itália. O único título dos aquilotti (apelido do time) foi na época da II Guerra Mundial, em 1944. O campeonato foi dividido por regiões, e o Spezia acabou decidindo o título com o fortíssimo Torino, treinado pelo também técnico da Azzurra Vittorio Pozzo e com Piola no ataque. Era um dos mais poderosos times do planeta, mas foi batido pelo Spezia.

Fundado em 1906, com o nome Sport Club Spezia, o clube já mudou de nome inúmeras vezes. Spezia Calcio 1906 foi o último nome escolhido em 1995. Com o colapso financeiro, como fez a Fiorentina em 2002, para não abandonar as atividades futebolísticas, o time vai passar a ser chamado Spezia Calcio 2008 e disputará a Série D, divisão amadora do futebol italiano.Participar de divisões tão baixas não é nenhuma novidade para o Spezia, que venceu a D em 1957-58 e 1965-66.

Um pouco de história

O time surgiu usando uma camisa azul celeste, em maio de 1906, criado por um banqueiro suíço e um amigo, amantes do calcio. O primeiro jogo oficial foi em 1911 contra. Em 1919, o azul é trocado pelo branco.

O histórico time da década de 40 ficou conhecido como os “cinque C” (cinco C): Coltella, Carapellese, Costanzo, Castigliano e Costa. Para muito, foi neste time do Spezia que nasceu a figura do líbero, num esquema inovador montado pelo técnico Ottavio Barbieri. Será?

As décadas seguintes não foram nada boas para o Spezia, que passeou pelas divisões de acesso do futebol italiano, nunca participando da primeira divisão nos moldes atuais.

Futuro

A torcida não pode ter esperança de muitas alegrias no estádio Alberto Picco, mas o amor por um clube vai além de troféus e vitórias. Quem sabe, o time possa participar da Série A, mas, além de muito tempo, sua administração precisa ser muito mais organizada.

 

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo