iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

31/07 - 01:42

Diretoria só punirá Valdívia se Luxemburgo quiser
A diretoria deixa com a comissão técnica a responsabilidade para definir quais as conseqüências que o camisa 10 deve aguardar

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A opção de Valdívia por seguir para o vestiário ao invés de ficar no banco de reservas após ser substituído na vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo pode custar caro ao chileno. Isto, porém, depende apenas do treinador.

A diretoria do Palmeiras deixa com a comissão técnica a responsabilidade para definir quais as conseqüências que o camisa 10 deve aguardar.

“Este é um assunto que será resolvido pela comissão técnica. Se o Wanderley entender que o Valdívia deve ser punido, ele pode levar para a diretoria que nós tomaremos uma atitude. Mas essa é uma questão que será definida somente entre jogador e comissão técnico”, informou o vice-presidente de futebol Gilberto Cipullo.

Depois da partida, Luxemburgo já teve um contato com a cúpula palmeirense, mas não pediu, ao menos por enquanto, o que deve ser feito com seu principal atleta, que voltou a ser decisivo nesta noite depois de mais de um mês de atuações apagadas.

“Nós conversamos com o Wanderley e ele nos disse a mesma coisa que falou na coletiva de imprensa, Concordamos com a colocação dele, mas a decisão de punição fica a cargo da comissão técnica”, frisou Cipullo.

Cauteloso em suas palavras, o dirigente evitou relacionar também as influências de propostas do futebol europeu com o baixo rendimento de Valdívia no Brasileiro. “Cada ser humano reage de um jeito a essas coisas, mas o Valdívia no dia-dia não tem demonstrado nada errado. No geral, não apresenta problemas”, concluiu o cartola.

No vestiário, tudo bem – Após o fim do jogo desta noite, Valdívia seguiu para os vestiários do Flamengo para encontrar o amigo e ex-técnico Caio Júnior. Antes, no período em que ficou ao lado do elenco palmeirense, não falou com Luxemburgo, mas o clima era de alegria. Garantia de Sandro Silva.

“O ambiente no Palmeiras é sempre de alegria. Meus amigos me perguntam como fui recebido, e sempre digo que me receberam muito bem. É um ambiente sempre alegre e descontraído”, desconversou o autor do gol da noite, aproveitando ótima assistência do chileno que foi o protagonista durante e após o duelo no Palestra Itália.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo