iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

31/07 - 01:52

Após empate, PC Gusmão volta a criticar arbitragem

O treinador do time catarinense criticou bastante a arbitragem de Evandro Rogério Roman após a partida

Gazeta Esportiva

FLORIANÓPOLIS - O Figueirense sofreu com a pressão do São Paulo nesta quarta-feira, quando as duas equipes se enfrentaram no Orlando Scarpelli pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de abrir o placar logo no começo da partida, o Figueira precisou segurar os ímpetos são-paulinos, e acabou deixando o campo com um empate por 1 a 1.

No entanto, o técnico Paulo César Gusmão acredita que o resultado poderia ter sido bem diferente. O treinador do time catarinense criticou bastante a arbitragem de Evandro Rogério Roman após a partida, apontando alguns erros capitais do paranaense que teriam prejudicado sua equipe.

“Lamento muito as decisões da arbitragem. Fico triste. Não gosto de ficar falando de arbitragem, mas as avaliações são diferentes”, disse o treinador, segundo o portal Clic RBS, citando outros exemplos. “No Rio pesou para o Fluminense. Hoje (quarta-feira), pesou aqui. Só tenho que lamentar por isso.”

O jogo contra o Fluminense foi válido pela 13ª rodada do Brasileirão, terminou com vitória carioca por 1 a 0 e teve arbitragem do mineiro Ricardo Ribeiro. Na ocasião, o goleiro Wilson teria sofrido falta em uma dividida por cima com o meia Thiago Neves, mas a arbitragem considerou o lance normal e validou o gol posterior.

No empate por 1 a 1 em casa contra o São Paulo, a crítica do Figueirense é contra mais um lance específico. Ainda no primeiro tempo, em cobrança de falta de Cleiton Xavier, o atacante Aloísio teria desviado a bola com o braço. O são-paulino estava dentro da área e teria cometido pênalti, mas Evandro Rogério Roman também não assinalou o lance.

“A intenção do atleta de botar a mão na bola foi clara”, alegou PC Gusmão. “A bola passaria por cima da cabeça, e o Rogério Ceni estava parado. A bola fatalmente entraria”, acrescentou o treinador, que tentou colocar panos quentes na situação logo na seqüência.

“Não vou ficar aqui comentando arbitragem. Os critérios não estão sendo iguais. A gente lamenta, lamenta bastante. Fico feliz pelo jogo, pela determinação, mas fico triste porque os critérios estão sendo diferentes”, acrescentou.

Leia mais:
Figueira reclama de arbitragem no Maracanã (19/07/2008)


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo