iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/07 - 20:44

Em crise, Vasco recebe o esperançoso Atlético-MG
O técnico Antônio Lopes segue com o discurso de que poderá tirar o Vasco da situação em que se encontra

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Vivendo graves problemas financeiros e sem vencer há cinco partidas, o Vasco tenta juntar os cacos para enfrentar o Atlético-MG, nesta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), em São Januário, no fechamento da 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 16 pontos, o time cruzmaltino convive de perto com o fantasma do rebaixamento.

Já o Galo, que bateu o Vitória-BA no final de semana, soma 19 pontos e tenta embalar para fugir desta incômoda briga na parte de baixo da tabela.

Pressionado, mas sem abrir mão de seu cargo e da multa rescisória de quase R$ 500 mil, o técnico Antônio Lopes segue com o discurso de que poderá tirar o Vasco da situação em que se encontra. O treinador prefere ignorar as pichações da torcida nos muros de São Januário, pedindo a sua saída.

'A responsabilidade não é só do treinador. Sei que o Vasco vive problemas financeiros, mas vamos continuar trabalhando para tirar o Vasco desta situação. Esse coisa de pressão não me perturba, pois tenho mais de 30 anos de futebol”, salientou Lopes.

E o Vasco entrará em campo com muitas modificações em relação ao time goleado pelo Santos no final de semana. O time tem dois jogadores suspensos: o goleiro Tiago e o zagueiro Rodrigo Antônio, que darão lugar a Roberto e Victor, respectivamente. No meio-campo, mais mudanças com os retornos de Souza e Morais, que cumpriram suspensão.

Com a volta deste último, Mádson será deslocado para a lateral esquerda, onde Edu foi barrado. No ataque, Edmundo entra após ser poupado contra o Peixe e formará dupla com Leandro Amaral. A maior novidade fica por conta do zagueiro Jorge Luiz, que se recuperou de lesão e volta a jogar após dois meses afastado dos gramados. Ele é uma das esperanças para melhorar o sistema defensivo.

Também responsável por evitar que o Vasco sofra gols nesta quinta-feira, o goleiro Roberto promete cobrar mais empenho de seus companheiros. O jogador é um dos antigos no elenco cruzmaltino e está há três anos em São Januário. “Eu já passei por isso em 2005 e sei que todos devem estar ligados. Temos tempo para reagir, mas precisa ser rápido. Temos que ter mais vontade”, afirmou o goleiro.

No Atlético-MG, a chance de uma arrancada passa por um tabu, já que o time ainda não venceu nenhum jogo fora de casa neste Brasileiro. O técnico Alexandre Gallo analisou a situação e deu a receita para que a equipe possa encerrar o jejum.

”Fizemos alguns bons jogos fora de casa, outros ruins, e é um ponto importante para nós. Temos que ter na casa do adversário a mesma personalidade, a mesma postura e jogar para vencer também”, comentou o treinador. Alexandre Gallo aproveita ainda para demonstrar apoio e profundo respeito por Antônio Lopes neste momento delicado que atravessa o treinador cruzmaltino.

”É um grande treinador, com uma grande história no clube. A gente sabe que seqüência é sempre importante. A gente tem certeza de que eles vão vir ainda mais famintos em função do que aconteceu no jogo passado.”

Para o sérvio Petkovic, que conhece bem o futebol carioca, acredita que o mau momento do adversário, que está bem próximo da zona de rebaixamento, não é vantagem para o Galo.

'O Vasco, em casa, é um adversário muito complicado. Ele tira vantagem do jogo em casa, está jogando bem no São Januário. Até pela situação difícil em que o Vasco se encontra, este jogo vai ser muito difícil. Mas acho que a gente pode fazer um bom jogo', espera.

O time mineiro contará com novas opções para o duelo desta quinta. Após cumprirem suspensão, o lateral-esquerdo César Prates, o volante Márcio Araújo e o meia Yuri ficam à disposição, mas apenas os dois primeiros devem ser titulares.

O veterano Marques deve ser poupado, pois não vem treinando, com dores no joelho. Rafael Miranda já treina há mais de uma semana, mas ainda está sem ritmo e não deve ser titular. Já o volante Renan, que esteve ausente dos treinos por uma negociação ainda não concretizada com o Osasuna, da Espanha, também não joga. Há ainda uma dúvida na lateral-esquerda, pois César Prates e Calisto estão disponíveis para o jogo.

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ X ATLÉTICO-MG


Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 31 de julho de 2008, quinta-feira
Horário: 20h30min (de Brasília)
Árbitro: Jaílson Macedo Freitas (BA)
Assistentes: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Belmiro da Silva (BA)

VASCO: Roberto, Victor, Jorge Luiz e Eduardo Luiz; Wagner Diniz, Souza, Leandro Bomfim, Morais e Madson; Leandro Amaral e Edmundo
Técnico: Antônio Lopes

ATLÉTICO-MG: Édson; Mariano, Marcos, Vinícius e César Prates (Calisto); Serginho, Márcio Araújo, Francis e Petkovic; Renan Oliveira (Raphael Aguiar) e Jael
Técnico: Alexandre Gallo


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo