iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

30/07 - 22:48

Botafogo derrota o Goiás no Engenhão
Com a vitória, o alvinegro foi à 22 pontos na 10ª posição. Já o Goiás caiu para 16º e pode terminar a rodada na zona da degola

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O Botafogo não repetiu a atuação do empate contra o Flamengo, mas fez o suficiente para derrotar o Goiás por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. Veja os gols no player ao lado>>

O time dirigido por Ney Franco cometeu muitos erros, mas se aproveitou da má performance do adversário, que entrou preocupado apenas em se defender e só tentou jogar ofensivamente quando já estava perdendo por 2 a 0.

Com a vitória, o Botafogo subiu para a décima posição, com 22 pontos, enquanto o Goiás caiu para o 16º lugar, com 17 pontos, e pode terminar a 16ª rodada na zona do rebaixamento. Na próxima rodada, o Botafogo vai enfrentar o Atlético Paranaense na Arena da Baixada. Já o Goiás vai receber a Portuguesa, no Serra Dourada.

O Botafogo começou a partida no ataque, enquanto o Goiás repetia a tática empregada nas suas partidas fora de casa: faltas e mais faltas para impedir o adversário de se armar. Por causa desse esquema, o jogo ficou truncado logo nos início, já que a bola quase não rolava. Sem qualquer ambição ofensiva, o Goiás apenas tentava bloquear as jogadas do Botafogo e deixava Iarley isolado na frente.

O excesso de faltas da defesa goiana fez com que os três zagueiros da equipe comandada por Hélio dos Anjos fossem advertidos com o cartão amarelo. Com muitas dificuldades para penetrar na fechada defesa do Goiás, o Botafogo acabou marcando o primeiro gol aos 28 minutos. Túlio tabelou com Jorge Henrique e chutou. A bola desviou num adversário que estava caído e encobriu o goleiro Harlei.

Em desvantagem, o Goiás se soltou um pouco. Aos 34 minutos, Ramalho assustou Castillo com um chute rasteiro que passou raspando. Aos 37, foi a vez do goleiro Castillo aparecer bem em cabeçada de Henrique.

Logo depois, Alessandro, lesionado no ombro direito, cedeu seu lugar a Thiaguinho. O Botafogo acabou marcando o segundo gol aos 44 minutos, novamente com Túlio, que tabelou com Lúcio Flávio e bateu rasteiro para estabelecer o placar da primeira etapa.

O Goiás voltou para o segundo tempo com um esquema diferente do aplicado no primeiro tempo. Com apenas dois zagueiros, o time do Planalto Central passou a se preocupar com o ataque e passou a criar problemas para a defesa alvinegra. Ao mesmo tempo, o Botafogo voltou apático não conseguindo construir jogadas que levassem perigo ao gol do Goiás.

Aos nove minutos, Paulo Baier cobra falta na intermediária e Henrique ganha dos zagueiros mas manda a bola por cima do travessão. Aos 14 em outra falta, agora cobrada por Vítor, a bola bateu no travessão, assustando Castillo e a própria torcida alvinegra, preocupada com a queda de rendimento.

O técnico Ney Franco trocou Jorge Henrique por Gil e, aos 21 minutos, o Botafogo teve a sua primeira oportunidade para ampliar o marcador depois de iludir a defesa goiana mas chutou por cima. Dois minutos depois, Ramalho arriscou de fora da área e Castillo fez uma defesa difícil. O Botafogo passou a administrar a vantagem, tarefa que ficou mais fácil depois que o zagueiro Ernando foi expulso.

Nos minutos finais, o Goiás teve a última chance para marcar quando Rinaldo cruzou e Renato Silva salvou na linha de gol. O Botafogo passou a tocar a bola para delírio da torcida e chegou a ter um gol de Wellington Paulista anulado por impedimento.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 0 GOIÁS  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Estádio João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 30 de julho de 2008, quarta-feira
Horário: 20h30min (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Evandro Luis Silveira e Marcelino Tomaz de Brito Neto (Ambos de SP)
Cartões amarelos: Carlos Alberto, Wellington Paulista e Triguinho(Botafogo); Ernando, Rafael Marques, Henrique, Thiago Feltri(Goiás)
Cartão vermelho: Ernando(Goiás)
Gols: BOTAFOGO: Túlio aos 28 e 44 minutos do primeiro tempo

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro(Thiaguinho), Renato Silva, André Luís e Triguinho(Eduardo); Túlio, Diguinho, Lúcio Flávio e Carlos Alberto; Jorge Henrique(Jorge Henrique) e Wellington Paulista
Técnico: Ney Franco

GOIÁS: Harlei; Vitor, Ernando, Rafael Marques(Rinaldo) e Henrique; Ramalho, Fernando, Paulo Baier(Adriano Gabiru) e Júlio César(Thiago Feltri); Iarley e Romerito
Técnico: Hélio dos Anjos


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo