iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/07 - 19:11

Pressionado, Renato Gaúcho rebate as críticas
"Até o mês passado, o nosso elenco era sensacional. Agora, ninguém presta", disse o treinador

Agência Estado

RIO DE JANEIRO - O ambiente no Fluminense está extremamente tenso por causa da situação no Brasileirão: está na zona de rebaixamento desde o começo do campeonato. Criticado por parte da imprensa e da torcida, o técnico Renato Gaúcho mostrou irritação durante entrevista coletiva que deu nesta terça-feira, dando sinais claros da pressão que está sofrendo.

A diretoria do Fluminense também se manifestou a favor de Ranto. Branco, coordenador-geral do clube, garantiu a permanência do treinador e ainda confirmou a intenção de trazer reforços. Veja o vídeo ao lado e saiba quais nomes estão na mira do clube, segundo o próprio cartola.

Um tanto irritado, Renato se disse impressionado com a mudança de tratamento de uns tempos para cá. "Acho tudo isso muito engraçado. Até o mês passado, o nosso elenco era sensacional. Agora, ninguém presta. Quem conhece o mínimo de futebol, deveria ver que perdi 50%, 60% do time que chegou à final da Libertadores", afirmou o treinador.

Renato foi além. "Sou com certeza o técnico mais prejudicado do Campeonato Brasileiro. Há várias rodadas não consigo repetir uma formação. Mas é aquilo que eu digo: quem quer enxergar, ótimo. Quem não quer, paciência. Não aceito críticas maldosas".

O treinador do Fluminense ainda mandou um recado aos seus críticos. "Sou forte. Quem acha que vai me derrubar fácil, está enganado. Ninguém vai me derrubar. Posso ir para a lona, mas não serei nocauteado. Quem viver, verá", finalizou Renato Gaúcho.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo