iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

29/07 - 22:26

Cruzeiro busca liderança contra um Náutico em queda livre
Apesar de jogar no Mineirão e de estar à frente na tabela, o Cruzeiro não espera tarefa fácil diante do Náutico

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Cruzeiro recebe o Náutico na noite desta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma vitória significa a liderança para a Raposa, nem que seja por poucas horas, enquanto o Flamengo não joga.

Já para o Náutico, vencer esta partida é quebrar um jejum que já dura cinco rodadas e que leva o Timbu cada vez mais para baixo na tabela.

Apesar de jogar no Mineirão e de estar à frente na tabela, o Cruzeiro não espera tarefa fácil diante do Náutico. Acontece que os celestes estão vacinados pelas últimas partidas em casa contra equipes que estavam bem abaixo na tabela. Contra o Atlético-PR, um gol de bate-rebate nos minutos finais salvou a noite. Frente ao Goiás, uma falta cobrada por Iarley custou três valiosos pontos ao time mineiro.

O técnico Adilson Batista estudou a equipe do Náutico e espera algo parecido com o que aconteceu naquelas duas ocasiões. “Jogar com três zagueiros, três volantes, bem atrás. É preciso variar bem o jogo, em velocidade, e tentar fazer um gol de saída, obrigando o adversário a abrir”, explica o treinador cruzeirense.

Para achar os buracos na defesa alvirrubra, o comandante estrelado terá a ajuda de um jogador que não costuma começar entre os onze. “Acho que, do time titular, tem uns seis jogadores que conheço. Então isso já vai ajudar nossa equipe, vou passar as informações para o professor”, lembra Elicarlos, que defendeu o time dos Aflitos na última temporada.

Justamente por saber que precisa tomar a iniciativa da partida, Adilson Batista terá de pensar bem para escolher quem substitui Ramires desta vez. Contra o Fluminense, quando o Cruzeiro podia contra-atacar, a opção foi mais defensiva, por Henrique. Contra o Náutico, este deve ser escalado no lugar de Fabrício, vetado pelos médicos. Caso o time jogue com dois meias, Gerson Magrão é favorito, já que vem sendo utilizado regularmente.

Do lado pernambucano, a boa notícia é a volta do zagueiro Negretti, que cumpriu suspensão na última rodada. Os reforços também podem aparecer na equipe, nem que seja no segundo tempo. Os novos contratados em questão são o lateral-direito Maurinho e o volante Reinaldo.

A chegada de novos atletas faz parte de uma reformulação do elenco que vem sendo promovida pelo técnico Pintado. “Quando as coisas não andam, é normal existirem mudanças. Isso serve para todos os segmentos”, justifica o treinador. Pela porta de saída, já passou o zagueiro Luizão, enquanto jogadores como o lateral Berg e o volante Paulo Almeida estão na fila.

A crise que causa tais mudanças tem origem dentro das quatro linhas. O Timbu não vence há cinco partidas pelo Brasileirão e Pintado parece não ter encontrado a melhor formação para a equipe, que caiu de rendimento após a demissão de Leandro Machado. Após figurar entre os quatro melhores no começo do campeonato, o Náutico já é o 12º, com apenas dois pontos a mais que a Portuguesa, primeiro time da zona de rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X NÁUTICO

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 30 de julho de 2008
Horário: 19h30 (em Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa – RS)
Assistentes: Vicente Romano Neto (SP) e Nilson de Souza Monção (SP)

CRUZEIRO: Fábio; Marquinhos Paraná, Thiago Heleno, Espinoza (Thiago Martinelli) e Jadílson; Henrique, Charles, Gerson Magrão (Camilo) e Wagner; Guilherme e Weldon
Técnico: Adilson Batista

NÁUTICO: Eduardo; Negretti, Vagner e Everaldo; Eduardo Erê, Ticão, Alceu, Radamés (Paulo Santos) e Piauí; Wellington e Gilmar (Kuki)
Técnico: Pintado


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo