iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/07 - 22:44

Retrospecto em casa é trunfo palmeirense para ser líder

"Quando a gente vem de um jogo ruim fora de casa, joga com pressão, e o Palmeiras tem mostrado que é bom jogando pressionado”, diz Kléber

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Flamengo terá pela frente nesta quarta-feira o time com melhor desempenho como mandante neste Campeonato Brasileiro. Com seis vitórias e um empate nos sete jogos realizados no Palestra Itália, o Palmeiras quer manter o ótimo retrospecto diante do segundo colocado na tabela – concorrente direto na briga pelo título.

Após um comemorado empate no Olímpico contra o Grêmio, a equipe, que não vai bem fora de casa – venceu um e empatou três das oito partidas como visitante –, responsabiliza a torcida pelos resultados em seu estádio. E por isso querem um Parque Antártica novamente lotado diante dos rubro-negros.

“Temos o respeito das outras equipes em casa, jogamos agredindo o adversário. E também tem o apoio da torcida, quem tem lotado e nos incentivado em todos os jogos”, comentou Elder Granja.

Além das arquibancadas, até mesmo os tropeços longe de casa são vistos como “culpados” pelo que o Verdão tem feito em seus domínios. “A torcida tem nos ajudado e também, quando a gente vem de um jogo ruim fora de casa, a gente joga com pressão, e o Palmeiras tem mostrado que é bom jogando pressionado”, analisou Kléber.

Mais do que manter o status como mandante, os palmeirenses sabem que somar três pontos na quarta-feira será fundamental para continuar perto do líder Grêmio. Após 15 rodadas, os campeões paulistas não aparecem nem mesmo entre os quatro primeiro colocados, que garantem vaga na próxima Copa Libertadores. O sexto lugar, contudo, não desespera ninguém no Palestra Itália.

“Não estamos no G-4, mas estamos a quatro pontos do líder. Se conseguirmos duas vitórias e eles não vencerem uma nas próximas rodadas, a gente já encosta. Logo logo a gente chega na liderança”, previu Granja, entusiasmado com o que tem visto no Brasileiro.

“É a primeira vez que jogo um campeonato tão disputado, tanto na briga pela liderança quanto lá embaixo na tabela”, finalizou o jogador presente nos vice-campeonatos nacionais do Inter em 2005 e 2006.


Leia mais sobre: Palmeiras

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo