iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

28/07 - 14:30

Ameaçado por Lucio Flavio, Jorge Henrique ignora críticas

"O Ney Franco já deixou bem claro que não existe jogador titular para ele e jogará sempre quem estiver melhor", disse

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Para o jogo de quarta-feira contra o Goiás, no Engenhão, o Botafogo pode ter a volta de seu camisa 10. Barrado por Jorge Henrique no clássico de domingo, Lucio Flavio briga para voltar ao time titular Criticado pelas chances desperdiçadas contra o Flamengo, Jorge disse que se mantém tranqüilo diante das críticas.

“O Ney Franco já deixou bem claro que não existe jogador titular para ele e jogará sempre quem estiver melhor. E não ligo para quem diz que não sei finalizar. Vou continuar treinando e não adianta ficar esquentando a minha cabeça”, afirmou o atacante.

Além do setor ofensivo, a parte defensiva alvinegra deve ter novidades. O time poderá contar novamente com Thiaguinho – o lateral-direito cumpriu suspensão e disputa vaga com Alessandro. “O Alessandro foi bem e vinha jogando antes de se machucar. Mas eu não quero antecipar nada ainda, pois ainda temos tempo para treinar a equipe antes deste jogo com o Goiás”, desconversou Ney Franco.

Pendurados – Enquanto está indefinido na briga pela titularidade, a equipe enfrenta o problema de contar com muitos jogadores pendurados com dois cartões amarelos. Estão nesta situação no elenco alvinegro, os zagueiros André Luís e Renato Silva, o lateral-esquerdo Triguinho, o volante Dininho, os meias Carlos Alberto e Lucio Flavio, além dos atacantes Wellington Paulista e Fábio.

Apesar deste quadro, Ney Franco descarta pedir para que alguns jogadores forcem o cartão, para evitar uma suspensão de muitos atletas ao mesmo tempo. “Não vamos fazer rodízio para os jogadores forçarem o terceiro cartão amarelo. As coisas vão acontecer naturalmente nesta questão dos cartões”, finalizou..


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo