iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/07 - 19:19

Roth lamenta “resultado negativo” para o Grêmio

"O resultado foi negativo pelo rendimento do nosso time, isso é absoluto" afirma o treinador do Tricolor gaúcho

Gazeta Esportiva

PORTO ALEGRE - O técnico Celso Roth deixa o estádio Olímpico frustrado com o empate do Grêmio diante do Palmeiras. Na visão do treinador, a equipe gaúcha foi superior durante toda a partida e merecia a conquista dos três pontos. Antes do gol do Verdão, o Tricolor chegou a carimbar duas vezes a trave do goleiro Marcos.

”O Palmeiras se propôs a jogar no esquema 3-5-2, como havia feito diante do Santos. A única vez que chegaram foi em um erro nosso, quando saiu o gol. O resultado foi negativo pelo rendimento do nosso time, isso é absoluto. Ninguém investiu tanto como o Palmeiras e eles tiveram a humildade de apenas marcar o Grêmio”, analisou Roth.

Pela primeira vez na competição, o Grêmio entrou em campo carregando a responsabilidade de liderar o Campeonato Brasileiro. Roth acredita que a pressão da primeira colocação ficou longe de influenciar no rendimento gaúcho.

“Se teve um time que procurou atacar foi o Grêmio. Nossa equipe está se encaminhando, tem feito boas partidas. Tivemos uma situação diferente (chuva), estávamos em casa, com a responsabilidade de liderar o campeonato. Demonstramos maturidade tática”, elogiou o treinador.

Mudança na arquibancada: Em contraste com o resultado indigesto, Roth pôde saborear os aplausos dos torcedores no momento em que seu nome foi anunciado no placar eletrônico do estádio Olímpico antes de a bola rolar. O treinador gremista agradece o carinho das arquibancadas, mas está longe de se empolgar.

“Acho que é o reconhecimento de um esforço, de um trabalho. Mas temos um débito muito grande conosco. O torcedor tem sido maravilhoso desde o início e esperamos que continue assim com o time. Se vai criticar o técnico, é outra história”, finalizou Roth.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo