iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/07 - 22:32

Muricy completa 300 jogos no São Paulo, mas dispensa recorde

Treinador preferiu comentar sobre os jogadores que revelou em seu trabalho pelo tricolor paulista

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O São Paulo venceu a Portuguesa por 3 a 1 neste domingo, jogando no Morumbi, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. E se o resultado colocou o Tricolor mais perto da zona de classificação da Libertadores da América, serviu ainda como marco para a carreira de Muricy Ramalho – que comemorou 300 jogos no comando da equipe.

Ao todo, Muricy tem quatro passagens no comando são-paulino, em 94, 96, 97 e a partir de 2006. Em todo este período, foram 163 vitórias, 82 empates e 55 derrotas. Desde que trocou o Internacional pelo São Paulo, porém, o aproveitamento é ligeiramente melhor: em 191 jogos, o treinador conseguiu 108 vitórias, 49 empates e 35 derrotas.

E mesmo sem se apegar muito a números e estatísticas, o técnico admitiu que seu 300º jogo no Tricolor teve um sabor especial. “Acho que é uma marca muito difícil de ser alcançada no Brasil. Em um time grande como o São Paulo, é difícil permanecer todo esse tempo”, disse Muricy.

O treinador chega ao quarto lugar da lista de técnicos que mais vezes comandaram o São Paulo, atrás apenas de Vicente Feola (524), José Poy (421) e Telê Santana (410). Muricy se disse feliz, e fez um balanço positivo de seu período no clube. Especialmente pelos jogadores que ajudou a revelar no Tricolor.

“Isso é importante também. Se você não trabalhar com o custo-benefício, não ajuda o clube”, disse Muricy, que ajudou na ascensão de jogadores como Breno e Hernanes, entre outros. “Mas não tenho essa loucura de bater recordes. Me apego mais aos jogadores que revelei. Acho que isso é o trabalho do treinador – além dos títulos, claro”, acrescenta.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo