iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

27/07 - 20:16

Atlético-MG bate o Vitória e sai da zona do rebaixamento

A vitória por 2 x 1 tirou o Galo da zona de rebaixamento do Brasileirão. Já o Vitória perdeu uma posição, mas segue no G-4

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Em meio à crise, ampliada depois da goleada por 4 a 0 para o Botafogo na última rodada, o Atlético-MG mostrou força e se recuperou no Campeonato Brasileiro neste domingo. A vítima foi o Vitória, que mesmo embalado e no outro lado da tabela, caiu por 2 a 1 no Mineirão.

O resultado tirou o Galo da tão temida zona do rebaixamento do Nacional. Com o triunfo, o time pulou quatro posições e aparece em 13º, com 18 pontos. Já os baianos, que vinham de duas vitórias seguidas, permanecem no G-4, com 26, já que perderam apenas uma colocação, fechando a 15ª rodada no quarto lugar.

Veja os gols de Atlético-MG 2 x 1 Vitória


O jogo
Assim como nos últimos jogos no Mineirão, o Galo contou com apoio de um público apenas razoável dentro do estádio, enquanto alguns torcedores ficaram do lado de fora protestando contra o atual momento do time. Pressionado, o time apresentou maior volume de jogo na etapa inicial, enquanto os visitantes, em tarde pouco inspirada, arriscavam alguns contra-ataques.

Depois de abusar dos erros na frente, em especial dos cruzamentos na área baiana, o Galo chegou pela primeira vez com perigo aos 17 minutos: Mariano lançou pata Gedeon, mas Viáfara saiu bem e fez a defesa. A partir dos 20 min, porém o Vitória saiu mais para o ataque e passou a assustar os atleticanos.

Aos 22, Rodrigão pegou sobra na área e arriscou com perigo. Quatro minutos depois, Marco Aurélio cruzou na segunda trave, Edson não alcançou e Willians quase desviou para o gol. Depois dos sustos, o Galo conseguiu reequilibrar as ações e a partida voltou a ficar com ritmo mais lento.

Assim, outro lance de emoção apenas aos 37 minutos. Petkovic fez linda jogada individual, mas bateu para fora, o suficiente, no entanto, para levantar a torcida atleticana. Aproveitando-se do momento favorável, os anfitriões saíram na frente antes do intervalo: Mariano cruzou da direita, a zaga não cortou e Marques, quase em cima da linha, empurrou para as redes aos 43 minutos.

No segundo tempo, o Atlético-MG voltou melhor e logo aos nove minutos ampliou a vantagem. Mariano, de novo ele, acertou outro belo cruzamento da direita. Desta vez na cabeça de Gedeon, que mergulhou e desviou para o fundo do gol de Viáfara: 2 a 0.

Depois do gol, o técnico Vágner Mancini mandou sua equipe para a frente, escalando dois atacantes, mas foi o Galo quem continuou pressionando. Aos 17, Gedeon quase fez seu segundo no jogo com um forte chute de fora da área – Viáfara fez boa defesa.

Pouco depois, de novo Gedeon teve grande chance: ele recebeu de Francis e acertou a trave. No rebote, Jael conseguiu ficar com a bola, mas chutou para fora. Aos 29, foi a vez de Pet arriscar de fora da área, mas a tentativa saiu rente à trave do goleiro rival.

Depois disso, foi a vez de o Vitória pressionar, com o Galo se fechando na defesa. Aos 35, o atacante Rodrigão desviou de bicicleta cruzamento de Ricardinho. Edson fez a defesa. No minuto seguinte, porém, o goleiro atleticano nada pôde fazer. Marquinhos arriscou, Edson rebateu e Rodrigão pegou o rebote e descontou para os baianos.

Depois de diminuir a vantagem, o Rubro-negro partiu para cima, mas não conseguiu o empate. Aos 38, Rodrigão desviou de cabeça e a bola tirou tinta da trave de Edson. Quatro minutos depois, o artilheiro teve nova chance, em sobra da defesa, mas chutou para fora a última oportunidade do empate.

Na próxima rodada, quarta-feira, o Vitória tenta se recuperar contra o Atlético-PR, no Barradão. No dia seguinte, o Atlético-MG desafia o Vasco em São Januário para se distanciar ainda mais da zona do rebaixamento.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 X 1 VITÓRIA  (Veja como foi o jogo lance a lance) 

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 27 de julho, domingo
Horário: 18h10 (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Assistentes: Aparecido Donizetti Santana (PR) Moisés Aparecido de Souza (PR)
Cartões amarelos: Mariano (Atlético-MG); Viáfara, Marco Aurélio e Rodrigão (Vitória)

Gols: ATLÉTICO-MG: Marques, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Gedeon, aos nove minutos do segundo tempo
VITÓRIA: Rodrigão, aos 36 minutos do segundo tempo

ATLÉTICO-MG: Édson; Mariano, Marcos, Vinícius e Calisto; Serginho, Francis, Gedeon e Petkovic (Denílson); Marques (Rafael Aguiar) e Eduardo (Jael)
Técnico: Alexandre Gallo

VITÓRIA: Viáfara; Marco Aurélio, Anderson Martins, Leonardo Silva e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan (Marco Antônio), Willians (Guilherme), Ramon (Ricardinho) e Marquinhos; Rodrigão
Técnico: Vagner Mancini


Leia mais sobre: Atlético Mineiro Vitória Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Adeus definitivo?
Com gols de Marques e Gedeon, o Atlético garantiu a vitória, que o tirou da zona da degola

Topo