iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/07 - 18:35

Túlio marca dois e garante empate de Vila Nova com Gama
O Vila Nova deixou escapar neste sábado uma boa chance de se manter próximo da zona de classificação para a Série A do Campeonato Brasileiro de 2009. Jogando fora de casa, em partida válida pela 14ª rodada da Série B, o time goiano ficou apenas no empate com o Gama por 2 a 2, graças a um gol de barriga do experiente Túlio Maravilha já nos acréscimos do segundo tempo.

Gazeta Esportiva

O time comandado pelo experiente Givanildo de Oliveira chegou a abrir o placar no começo da partida, graças a um pênalti convertido por Túlio Maravilha. No entanto, a equipe do Vila caiu de produção e permitiu o empate ainda no primeiro tempo. De quebra, o Gama ainda se manteve melhor nos 45 minutos finais e ainda conseguiu a virada, graças ao primeiro gol de Lucas Silva na Série B. Mesmo assim, no sufoco, Túlio fez de novo no final da partida e garantiu o ponto goiano fora de casa.

Os dois gols marcados no Estádio Mané Garrincha colocaram Túlio Maravilha empatado com Luiz Carlos, do Ceará na artilharia da Série B – ambos têm 11 gols. No entanto, o Vila Nova chegou a apenas 20 pontos e se manteve na oitava colocação, ultrapassado pelo Santo André. O Gama, que respirava até os acréscimos da partida, subiu apenas a 14, manteve-se na 16ª colocação e segue perseguido de perto por Fortaleza e América-RN – ambos têm 13 pontos.

Apertado na parte de baixo da tabela, o Gama começou errando muito na marcação e permitindo que o Vila atacasse com mais liberdade. Tanto que o time goiano abriu o placar logo aos 10 minutos, após lançamento de Alex Oliveira para Fernandinho, que entrou na área e foi derrubado por Martinez. Pênalti, que o árbitro Maurício Aparecido de Siqueira marcou. Túlio Maravilha cobrou rasteiro no canto direito e abriu o placar.

O veterano camisa nove ainda fez boa jogada individual aos 15 minutos, fintando a marcação e lançando Bruno Batata. No entanto, o atacante dominou mal o lançamento e mandou para fora. Os gamenses tentaram se articular com Juliano, mas os visitantes seguiram melhores em campo – tanto que, aos 27 minutos, Alex Oliveira tentou lançar Osmar, mas Pedro Paulo tirou. No rebote, o goleiro Donizeti colocou para fora.

No entanto, o time candango começou sua reação, graças a uma falta que o mesmo Pedro Paulo bateu com perigo e Max tirou aos 32. O Vila ainda tentou se manter no campo de ataque, em pelo menos duas jogadas de Fernandinho com Túlio. Porém, nos acréscimos, Pedro Paulo bateu nova falta de longe e empatou a partida, graças à incrível colaboração do goleiro Max, que falhou feio no lance.

Após o gol e o intervalo, os vilanovenses voltaram sem o mesmo ânimo, permitindo uma ameaça maior do time alviverde. Apesar das tentativas de Túlio e Alex Oliveira nos cinco primeiros minutos, era o Gama quem cercou mais o gol. Aos oito minutos, Alisson recebeu de Rodrigo Ítalo e cabeceou para a defesa de Max. Dois minutos depois, Juliano tabelou com Aragonês – que substituiu Michel – e bateu para fora. Na resposta, Túlio tentou novamente aos 16 e aos 21 minutos, mas sem sucesso.

Embalado com a reação e com o fraco segundo tempo do Vila, o Gama quase virou o placar com Maier aos 27 minutos. Logo em sua primeira jogada, ele aproveitou a bobeada de Alisson na saída de bola, ganhou o lance e bateu para o gol, parando apenas na bela defesa de Max. O goleiro, porém, não conseguiu evitar a virada quatro minutos mais tarde, em gol marcado por Lucas Silva após tabela com Thiaguinho e com um chute preciso no canto direito do gol do Vila Nova.

Os comandados de Givanildo de Oliveira ainda chegaram perto do novo empate, graças aos chutes de Túlio Maravilha e Alex Oliveira aos 34 e aos 35 minutos, respectivamente – Donizete defendeu as duas. O mesmo Alex Oliveira ainda teve boas chances aos 36 minutos, de cabeça, e aos 40 minutos, mas perdeu as duas. Porém, quando o jogo já estava decidido, Osmar cruzou na esquerda para Johnny, que arrumou para Túlio Maravilha empurrar de barriga para o gol e marcar o 847º gol de sua carreira.

O Vila se salvou da derrota, mas completou cinco jogos sem vencer. Agora, tenta reagir na sexta-feira, quando recebe o ameaçado Marília no Serra Dourada a partir das 20h30. O Gama, por sua vez, tenta voltar a pontuar em partida fora de casa, contra o América-RN, nos mesmos dia e horário.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo