iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

26/07 - 21:21

Tite chora perda da invencibilidade, mas minimiza derrota

"Tivemos cinco oportunidades reais de sair na frente, mas, quando chegamos ao intervalo, o time estava cansado", lamentou

Gazeta Esportiva

IPATINGA - O técnico Tite procurou manter a tranqüilidade após o inesperado tropeço do Internacional diante do Ipatinga, neste sábado, no estádio Ipatingão, no Vale do Aço mineiro, mas não conseguiu esconder sua chateação com o fim dos sete jogos de invencibilidade no Brasileirão.

"Estamos tristes pela queda de toda uma campanha de recuperação". Mas o campeonato nos reserva o próximo jogo. Foi assim antes, e é assim agora", sintetizou o treinador, minimizando os possíveis efeitos do tropeço para a partida de quarta-feira, no Beira-Rio, diante do Santos.

"A tradição do Internacional, com todo o respeito ao Ipatinga, é muito maior. Por outro lado, fui campeão gaúcho com o Caxias em 2000. Dentro de campo, o resultado não é demérito de ninguém", discursou.

Assim como fizeram os atacantes Taison e Nilmar, o treinador engrossou o coro das lamentações diante das inúmeras chances de gol desperdiçadas no jogo pelo Colorado gaúcho. "Tivemos cinco oportunidades reais de sair na frente, mas, quando chegamos ao intervalo, o time estava cansado. Não tinha mais condições físicas", revelou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo