iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/07 - 20:44

Para Fernandes, “faltou testosterona” aos atleticanos

Falta de agressividade Furacão é evidente: nos seis insucessos longe da Arena, o time não conseguiu marcar um gol sequer

Gazeta Esportiva

CURITIBA - “Falta de testosterona”. Foi assim, brevemente, que o técnico Roberto Fernandes justificou a derrota por 1 a 0 do Atlético Paranaense para o Sport, na Ilha do Retiro, na última quinta-feira. Esta foi a sexta derrota seguida do Furacão em jogos fora de casa no Campeonato Brasileiro.

A falta de agressividade do time da Baixada se mostra por outro número: nos seis insucessos longe da Arena, o time não conseguiu marcar um gol sequer. A única vitória fora de casa foi na longínqua primeira rodada, quando o time superou por 1 a 0 o Ipatinga, com gol de Léo Medeiros.

Discordando de Fernandes, o goleiro Galatto afirmou após a partida que não houve corpo mole por parte dos atleticanos. “Em mim não falta testosterona. Me esforço ao máximo. Estou em um clube que me acolheu com carinho. Fico indignado quando não vencemos a partida”, disse o jogador.

Com o revés de ontem, o Atlético agora está na 15ª posição, com 16 pontos, o mesmo que a Portuguesa, último clube antes da zona de rebaixamento. O Atlético-MG vem na cola, entre os rebaixados, com 15. Na próxima rodada, o Furacão enfrenta o Figueirense, na Arena da Baixada, adversário que levou 7 a 1 do Grêmio em Florianópolis.

Leia mais sobre: Atlético-PR Roberto Fernandes

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo