iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

25/07 - 14:56

Ex-Fla, Ney Franco tem confiança dos botafoguenses

Ney Franco era um desejo antigo da diretoria do Botafogo, tendo sido sondado quando Cuca deixou o clube no final de maio

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Uma das armas do Botafogo para vencer o clássico deste domingo contra o Flamengo está no fato de o técnico Ney Franco conhecer muito bem o Rubro-Negro, clube que dirigiu no ano passado. E apesar do histórico no rival e do pouco menos de um mês em General Severiano, o treinador já conquistou a confiança dos jogadores botafoguenses.

"Nunca tinha trabalhado com ele. O Ney nos conhece muito bem, sabe o que pode tirar de cada um. Tem um jeito bastante tranqüilo de falar com todos, respeita muito. Além disso é uma pessoa de ótimo caráter e que está bastante motivado”, comentou o lateral-esquerdo Triguinho, que vem atuando como zagueiro no esquema do treinador alvinegro.

Ney Franco era um desejo antigo da diretoria do Botafogo. Quando Cuca deixou o clube no final de maio, o treinador foi sondado, mas as partes não chegaram a um acordo. O acerto só viria no início de julho, quando Ney foi contratado para substituir Geninho.

”Deus escreve certo por linhas tortas. O Ney Franco veio 40 dias depois e em um momento menos traumático de recordações do nosso querido Cuca. Ele chegou no momento certo. Ele é uma pessoa muito equilibrada, com grande conhecimento técnico. É um técnico com estrela e com tudo para dar muitas alegrias para nossa torcida”, aposta o colaborador do futebol do Botafogo, Ricardo Rotemberg.

Elogiado por diretoria e jogadores, Ney Franco mantém o foco no seu trabalho e garante atenção total no Flamengo. O treinador garante conhecer bem as principais armas do adversário deste domingo.

“Todos os técnicos que treinaram o Flamengo depois de mim mantiveram o esquema que eu implantei, com os dois laterais apoiando bastante, como peças fundamentais para o sucesso da equipe. O Léo Moura e Juan são a alma do Flamengo, eles desequilibram. É preciso criar alternativas para marcá-los e explorar alguns pontos ofensivos quando ambos subirem ao mesmo tempo”, comentou o técnico botafoguense.

Na manhã deste sábado, o grupo alvinegro trabalha em General Severiano, na última atividade antes do clássico. Após o treino, os jogadores retornam para a concentração. Com 18 pontos, o Botafogo quer vencer para tentar se aproximar do G-4.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo