iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

24/07 - 14:26

Ney Franco vê elenco do Botafogo suficiente para o Brasileirão
Recentemente, Marcos Leandro integrou uma equipe de reservas do Botafogo que viajou à Europa para amistosos

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Enquanto o time ainda comemora a goleada sobre o Atlético-MG, por 4 a 0, o goleiro Marcos Leandro teve sua saída confirmada.

O jogador estava emprestado até o dia 1º de agosto, mas, como não estava nos planos da comissão técnica alvinegra para o restante da temporada, acabou liberado para se reapresentar ao Paraná, clube com o qual tem contrato até dezembro deste ano.

Recentemente, Marcos Leandro integrou uma equipe de reservas do Botafogo que viajou à Europa para a realização de amistosos.

Se Marcos Leandro deixa o Botafogo sem deixar saudades para Ney Franco, que não o relacionou para nenhuma partida, o técnico alvinegro garante também estar satisfeito por suprir com peças do próprio elenco, uma carência que havia notado no elenco botafoguense.

”Eu não tenho cobrado a diretoria do Botafogo quanto a reforços. Quando eu cheguei, me preocupava a lateral direita, mas o Thiaguinho se firmou na posição e virou uma opção junto com o Alessandro por ali”, analisou o treinador. Quem também fez questão de elogiar a força do grupo alvinegro é o colaborador de futebol do Botafogo, Ricardo Rotemberg.

”Se ninguém sair, o Botafogo está com elenco suficiente para ir até o final do Brasileiro”, afirmou o colaborador de futebol, à Rádio Brasil, deixando no ar a possibilidade de contratar mais um jogador caso o zagueiro Ferrero deixe mesmo o clube como vem ameaçando nos últimos dias. “Se o Ney achar necessário poderemos contratar outro zagueiro”, completou o dirigente.

Os últimos reforços a chegar ao Botafogo foram os atacantes Gil e Leandro Zárate. Gil, inclusive já vem atuando e, na última quarta-feira, entrou no decorrer do jogo com o Atlético-MG e marcou seu primeiro gol com a camisa do Alvinegro carioca.

PRESIDENTE - Colaborador de futebol do Botafogo, Ricardo Rotemberg confirmou que não deverá ser candidato à presidência nas eleições do final do ano. Nesta quinta-feira dirigente reafirmou que deverá apoiar a candidatura de Manoel Renha, que seria o único concorrente a substituir Bebeto de Freitas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo