iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/07 - 21:03

Verdão x Santos: metas distintas obrigam vitória no Palestra

Palmeiras tenta se livrar da irregularidade e Santos precisa dos três pontos para manter chances de sair da degola

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Um clássico em que ambos os lados estão pressionados. Irregular, o Palmeiras busca a vitória para continuar próximo dos primeiros colocados do Campeonato Brasileiro. Após o primeiro êxito sob o comando do técnico Cuca, o Santos precisa de um resultado positivo para sair da zona de rebaixamento. Portanto, a expectativa é que os times busquem o ataque a todo o custo no jogo desta quinta-feira, às 20h30 (de Brasília), no Parque Antártica.

Mesmo ciente da posição ruim do adversário e da vantagem de jogar em casa, onde permanece invicto no Brasileirão, o Palmeiras espera um jogo complicado. “Todo clássico sempre é difícil. O Santos tem tradição, merece respeito, conta com um grande treinador e um grande elenco, só está passando por problemas”, analisa o atacante Alex Mineiro.

Já do lado do Santos, que busca a primeira vitória como visitante na competição nacional, o técnico Cuca prefere deixar a responsabilidade por um bom resultado do lado alviverde. “O Palmeiras vai jogar em casa, está mais bem armado do que a gente, então é o favorito”, opina.

Atual campeão paulista, o Palmeiras prefere se concentrar nos próprios problemas. A indisciplina foi tema de uma reunião do técnico Vanderlei Luxemburgo com o elenco no início desta semana na Academia de Futebol. Na derrota contra o Goiás, o meia Denílson e atacante Kléber foram expulsos de forma infantil.

”Foi uma cobrança natural em um momento em que as vitórias não acontecem. O Palmeiras é uma equipe que está buscando o título. Os erros que aconteceram em Goiás facilitaram a nossa derrota contra um adversário que não vai brigar pelo título. Foram pontos preciosos. Já espero um comportamento diferente contra o Santos”, prevê Alex Mineiro.

Além de uma postura ponderada, o Palmeiras terá que superar a falta de jogadores importantes. Entre suspensos (Léo Lima, Sandro Silva, Denílson e Kléber), contundidos (David, Gustavo, Pierre, Evandro e Martinez) e problemas jurídicos (Elder Granja), Luxemburgo amarga uma dezena de desfalques. O treinador não deu pistas sobre a escalação, pois 'fugiu' da imprensa nos dias que antecederam a partida.

“Tenho certeza de que a falta dos titulares será suprida pelos jogadores escalados pelo treinador. É uma boa oportunidade de mostrar o trabalho”, diz o atacante Lenny, que deve formar a dupla de ataque alviverde com Alex Mineiro.

Problemas na Vila
Assim como Vanderlei Luxemburgo, o técnico Cuca também tem desfalques para o embate paulista. O goleiro Fábio Costa, o zagueiro Adaíton e o meia-atacante Robinho, todos machucados, estão entregues ao Cepraf do clube. Além de Rodrigo Souto, suspenso por dois anos por doping, e Michael, que cumpre diante do Verdão suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

No último treino antes do clássico, Cuca trocou o coletivo por um rachão no CT Rei Pelé. Desta forma o Santos embarcou para a capital indefinido. O time será revelado pelo treinador somente momentos antes do clássico.

Mas, apesar do mistério santista para o clássico no Palestra, Cuca deve mandar a campo praticamente a mesma equipe que no último domingo venceu o Sport por 1 a 0 na Vila Belmiro, quebrando assim, uma série de dez jogos sem vitórias no Brasileirão.

A única dúvida do comandante alvinegro é em relação ao substituto do meia Michael. O volante Roberto Brum e o atacante Maikon Leite disputam a vaga, mas por se tratar de um clássico, Cuca deve optar pelo primeiro. No entanto, o treinador pode surpreender ao escalar o atacante Leite para dar velocidade ao time. Com a ausência de Michael, Kleber voltará para a ala esquerda, enquanto o colombiano Molina, ficará responsável pela armação das jogadas.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X SANTOS

Local:
Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 24 de julho de 2008, quinta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: José Henrique de Carvalho (SP)
Assistentes: Ednilson Corona e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)

PALMEIRAS: Marcos; Sandro Silva, Jéci, Gladstone e Leandro; Jumar, Maicosuel (Wendel), Diego Souza e Valdívia; Lenny e Alex Mineiro
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SANTOS: Felipe; Marcelo, Fabão e Febiano Eller; Apodi, Adriano, Roberto Brum (Maikon Leite), Molina e Kleber; Kléber Pereira e Nelson Cuevas.
Técnico: Cuca


Leia mais sobre: Palmeiras Santos Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo