iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/07 - 21:35

Goiás surpreende o Cruzeiro no Mineirão

Mesmo tendo um jogador expulso ainda no primeiro tempo, time visitante segurou a vitória até o fim

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - O Goiás venceu o Cruzeiro por 1 a 0 no noite desta quarta-feira, em pleno Mineirão. O resultado surpreendente deixa o time fora da zona de rebaixamento, pelo menos até o fechamento da rodada. Já o Cruzeiro espera outros resultados para medir o tamanho do estrago causado por esta zebra.

O Goiás iniciou bem a partida, surpreendendo o Cruzeiro com uma marcação forte que se iniciava já no campo de ataque. Assim, conseguiu excelente chance de gol logo aos seis minutos. Thiago Heleno errou o recuo, deixando Alex Terra na cara de Fábio, que saiu com precisão. Na sobra, o goleiro ainda precisou se esticar para evitar que Vitor marcasse.

Aos poucos, o Cruzeiro foi conseguindo acuar o time do Goiás, mas não achava espaços e tinha que finalizar de fora da área. Wagner, recuperado de contusão e confirmado de última hora, assustava nas cobranças de falta. O Cruzeiro chegou a pôr uma bola na trave, quando Guilherme pegou a sobra de um lance confuso dentro da área.

Contudo, foi o Goiás quem anotou o primeiro gol da partida. Aos 40 minutos, Iarley cobrou uma falta frontal com precisão, sem chances para Fábio.

O gol não abalou o Cruzeiro, que, no ataque seguinte, provocou a expulsão de Júlio César. O lateral esmeraldino, que já tinha cartão amarelo, levou o braço à bola intencionalmente. Na cobrança da falta, Wagner cobrou forte, rasteiro, obrigando Harlei a fazer sua melhor defesa do primeiro tempo.

No segundo tempo, o mesmo Wagner tentou liderar a recuperação cruzeirense. No primeiro minuto, bateu da quina da área e Harlei voltou a fazer grande defesa. Em seguida, o meia invadiu a área, mas chutou por cima.

Com dez em campo, o Goiás ia se segurando à base de muita catimba. O goleiro Harlei chegou a receber cartão amarelo por retardar a reposição de bola. No único momento em que tentou jogar, o time esmeraldino quase ampliou. Num contra-ataque, Vitor cruzou para Alex Terra que, de peixinho, mandou muito perto do gol.

Quanto mais se aproximava o fim da partida, mais o eficiente ferrolho goiano irritava os jogadores celestes. Impacientes, eles apelavam para bolas enfiadas na área, sem nenhum sucesso. Assim, a partida terminou mesmo em 1 a 0 para o Goiás.

Na próxima rodada, o Cruzeiro vai ao Rio de Janeiro, onde, no sábado, enfrenta o Fluminense. Já o Goiás poderá jogar diante de sua torcida, contra o Sport, no domingo.

FICHA TÉCNICA (veja como foi o jogo lance a lance)
CRUZEIRO 0 X 1 GOIÁS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23 de julho, quarta-feira
Horário: 19h30 (em Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols Cortez (RJ)
Assistentes: Paulo Ricardo Conceição (RS) e Alexandre Antônio Kleiniche (RS)
Cartões amarelos: Guilherme, Thiago Heleno, Gerson Magrão, Fabrício (Cruzeiro), Júlio César, Fernando, Harlei e Ramalho (Goiás)
Cartão vermelho: Júlio César (Goiás)

Gol: Iarley, aos 40 minutos do primeiro tempo.

CRUZEIRO: Fábio; Jonathan (Elicarlos), Thiago Heleno, Espinoza (Gerson Magrão) e Jadílson (Weldon); Fabrício, Charles, Marquinhos Paraná e Wagner; Guilherme e Reinaldo.
Técnico: Adilson Batista

GOIÁS: Harlei; Ernando, Henrique e Rafael Marques; Vitor, Ramalho, Fernando (Pituca), Fábio Bahia e Júlio César; Iarley (Thiago Feltri) e Alex Terra (Schwenk).
Técnico: Hélio dos Anjos

Leia também:


  • Leia mais sobre: Cruzeiro Goiás Campeonato Brasileiro

    > Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


    Topo