iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/07 - 10:01

Desfalcado, Palmeiras fala em superação contra Santos
Para driblar as dificuldades e voltar a vencer, os jogadores do palmeiras adotam o discurso da superação.

Agência Estado

SÃO PAULO - O Palmeiras enfrenta o Santos, nesta quinta-feira, com seis desfalques em relação à derrota por 3 a 2 para o Goiás, no domingo. Para driblar as dificuldades e voltar a vencer, os jogadores adotam o discurso da superação na partida no Palestra Itália.

"É claro que os desfalques influenciam, pois são muitos. Mas nesse momento precisamos mostrar capacidade de reação. Temos que jogar com o coração, com alma de time vencedor. O respeito pelo Santos deve ser enorme, mas precisamos reagir", disse o atacante Alex Mineiro, artilheiro do campeonato, com oito gols.

"Só vai depender da gente. Vamos encarar o Santos e depois fazemos duelos diretos contra Grêmio e Flamengo. Vai ser preciso muita superação e responsabilidade, pois se tratam de jogos decisivos", afirmou o centroavante.

Para o também atacante Lenny, o Palmeiras precisa jogar sem se preocupar com os desfalques. "Não dá para negar que o time fica desentrosado com tantos jogadores de fora, mas quem entrar precisa lutar, comer grama e se superar. As oportunidades surgem e é preciso estar mais do que preparado. Caso eu tenha a chance de começar jogando, vou brigar bastante."

Além dos zagueiros David e Gustavo, e dos volantes Pierre e Martinez, que já estavam de fora, o Palmeiras deve ter seis desfalques para o clássico contra o Santos. Kléber e Denilson, suspensos pela expulsão diante do Goiás, e Sandro Silva e Léo Lima, que sofreram o terceiro cartão amarelo, são ausências certas. Somam-se a eles o meia Evandro, machucado, e o lateral-direito Elder Granja, que ainda resolve o imbróglio envolvendo o Corinthians de Alagoas.


Leia mais sobre: Palmeiras Santos

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo
Contador de notícias