iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

23/07 - 22:32

Com dois de Marquinhos, Vitória vence Náutico e se mantém no G-4
Com o resultado, o Vitória conseguiu atingir uma provisória vice-liderança, com 26 pontos

Gazeta Esportiva

SALVADOR - Motivado pela vitória diante do líder Flamengo em pleno Maracanã, na última rodada, o Vitória conseguiu nesta quarta-feira mais um bom resultado no Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, no Barradão, o time baiano conseguiu superar por 2 a 0 o Náutico, com dois gols do jovem Marquinhos.

Com o resultado, o Vitória conseguiu atingir uma provisória vice-liderança, com 26 pontos. Já o Náutico segue no meio da tabela, em 12º, com 18 pontos.

Para o jogo, o técnico Vagner Mancini não pôde contar com Dinei, vice-artilheiro do Campeonato, que sofreu um trauma no pé direito na partida contra o Flamengo e foi poupado.

No primeiro tempo de jogo, o Náutico apresentou uma atitude mais defensiva, mas mesmo assim teve ao seu favor o primeiro lance de perigo da partida. Logo aos nove minutos, Gilmar fez uma bela jogada individual pelo canto direito, livrou-se de três zagueiros e limpou a jogada para Wellington. Na cara do gol, o atacante desperdiçou a chance e isolou a bola.

Dominando a etapa inicial, o Vitória assustou aos 22 minutos, quando Ramon, em sua especialidade, cobrou falta e mandou uma bola venenosa para a meta de Eduardo, que teve se esticar todo para espalmar para fora.

Com um futebol organizado e agressivo, era apenas uma questão de tempo para que o Vitória abrisse o placar, o que não demorou. Aos 24 minutos, Ramon apareceu pela ala esquerda e, meio que sem querer, acabou jogando a bola para Marquinhos. Com categoria, o atacante dominou a bola com tranqüilidade e chutou forte no canto direito de Eduardo, que não teve chances.

Já no segundo tempo de partida, a diferença entre as duas equipes aumentou mais ainda. O Náutico chegou a esboçar uma reação, mas foi barrado pela própria desorganização e pela superioridade do futebol apresentado pelo Vitória.

Como se lhe bastasse a vitória pelo placar mínimo, o Vitória fechou-se no início do segundo tempo, e o Náutico aproveitou para ir para cima. No entanto, essa nova postura das equipes ajudou a equipe baiana e ampliar o placar. Em um lance de contra-ataque, aos 16 minutos, o avante Marquinhos recebeu um lançamento e teve que mostrar muita velocidade para alcançar a bola antes da zaga pernambucana. Mostrando um poder de impulsão impressionante, Marquinhos chegou na bola e soltou uma pancada de primeira, que só morreria no canto esquerdo da meta do Timbu.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Náutico tentará reencontrar a vitória em jogo contra o Coritiba, no sábado, em casa, nos Aflitos. Um dia depois, o Vitória buscará manter a boa fase com uma vitória contra o Atlético Mineiro, no Mineirão.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 2 X 0 NÁUTICO - (veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 23 de julho de 2008, quarta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (Fifa-SC)
Assistentes: Wilton Otaviano dos Santos (Fifa-RN) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)
Cartões amarelos: Roger (Náutico); Viáfora (Vitória)
Cartão vermelho: Negretti (Náutico)

Gols: VITÓRIA: Marquinhos, aos 24 minutos do primeiro tempo, e aos 16 minutos do segundo tempo.

VITÓRIA: Viáfara; Rafael, Leonardo Silva, Anderson Martins e Daniel; Marco Antônio, Renan, Willanse Ramon (Ricardinho); Marquinhos e Rodrigão.
Técnico: Vagner Mancini

NÁUTICO: Eduardo; Roger (Fabiano Gadelha), Luisão, Negretti e Piauí; Ticão, Alceu, Radamés (Eduardo Herê) e Paulo Santos (Anderson); Wellington e Gilmar.
Técnico: Pintado


Leia mais sobre: Vitória Náutico Campeonato Brasileiro

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo