iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

22/07 - 19:55

Verdão fica em silêncio sobre punições a Kléber e Denilson
Em um estranho mistério. Assim terminou a polêmica com o meia Denilson e o atacante Kléber.

Gazeta Esportiva

Inicialmente, o Palmeiras já tinha confirmado que os atletas seriam multados pelas expulsões infantis contra o Goiás, no Serra Dourada. Só faltava revelar o valor. Nesta terça-feira, a situação mudou.

O gerente de futebol Toninho Cecílio conversou com os dois jogadores de forma particular em sua sala na Academia de Futebol e informou aos jornalistas que apenas tomou as atitudes cabíveis para o caso. Descartou revelar se os atletas foram advertidos, punidos ou multados.

“Isso vai ficar internamente, tomamos as medidas que deveríamos tomar, que são adequadas para o momento. É o que basta, é o que deve ser feito. Estamos satisfeitos”, afirmou Toninho Cecílio.

Mesmo com a insistência das perguntas, o dirigente alviverde continuou se esquivando sobre possíveis sanções a Denilson e Kléber. “Não disse que foi em dinheiro, também não disse que não foi”, respondeu Toninho Cecílio em certo momento.

Antes da reunião, Denilson revelou em um breve contato com os jornalistas que considerava injusta uma multa, até porque foi sua primeira expulsão na temporada. Toninho Cecílio assegurou que os jogadores respeitaram a decisão definida pelo clube.

Apesar de esconder o resultado da conversa com os atletas, a diretoria do Palmeiras garante que sai fortalecida do caso. Por isso, deixa claro que continua com credibilidade para cobrar o elenco em futuros casos de indisciplina.

”Agimos de maneira firme neste episódio. Outras situações poderão aparecer e vamos agir novamente. Temos experiência, somos do futebol faz muitos anos”, lembrou o misterioso Toninho Cecílio.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo