iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/07 - 21:42

Muricy avisa: “Vamos sofrer um pouco”
Hernanes e Alex Silva se apresentarão à seleção nesta segunda-feira e poderão desfalcar o Tricolor por até nove jogos

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - Os desfalques constantes que o técnico Muricy Ramalho tem de suprir no São Paulo devem dificultar a caminhada do Tricolor na busca pelo sexto título do Campeonato Brasileiro. Ciente de que não poderá contar com Alex Silva e Hernanes durante as Olimpíadas de Pequim, o treinador tratou de pedir paciência à torcida e à diretoria, já que prevê tempos de dificuldades.

“Temos de ser realistas, estamos com dificuldades e teremos ainda mais daqui para frente. Eu não me empolgo no futebol, pois perdemos jogadores importantes e temos dificuldades de reposição. Há o momento bom em termos de confiança, pois fizemos o resultado, mas a torcida e a diretoria têm de entender que vamos sofrer um pouco”, afirmou.

Hernanes e Alex Silva se apresentarão à seleção nesta segunda-feira e poderão desfalcar o Tricolor por até nove jogos. Além deles, na próxima rodada, o treinador também não poderá contar com Miranda e Borges, lesionados, o que faz crescer a preocupação do comandante, que terá de ajustar a equipe para o difícil confronto contra o Internacional.

“Chegamos perto do líder com muito sacrifício, dando muita importância à parte tática. Quando a tática prevalece não é bom, porque o que tem de aparecer é o jogador. A torcida tem de ter paciência até podermos inscrever alguém. Teremos só dois zagueiros no jogo contra o Inter, o que não é fácil”, analisou.

Muricy, inclusive, citou o líder Flamengo como exemplo, já que a equipe carioca perdeu Renato Augusto e Marcinho para o futebol europeu. Aliás, o Rubro-negro já acumula duas derrotas seguidas no Brasileirão. “O Flamengo já está sentindo um pouco porque perdeu dois jogadores importantíssimos, que fazem diferença. Se as equipes continuarem perdendo, pode ter surpresa no campeonato e as que estão em cima podem ir para baixo. E claro que quem vai pagar a conta é o técnico”.

Para tentar suprir os desfalques, a diretoria do Tricolor contratou os zagueiros Anderson e Rodrigo, além do atacante André Lima, mas o clube só poderá inscrevê-los a partir de agosto.

“No futebol, o que você fala de manhã pode não se confirmar à noite, porque à tarde chega uma proposta e o jogador vai embora. A janela não fechou e a dificuldade é grande. Outros times utilizam jogadores contratados, mas nós não podemos. A lei é esquisita, não sei como essa lei é feita”, reclamou o técnico. O rival Santos, por exemplo, já conseguiu inscrever jogadores que vieram do exterior, como Fabiano Eller e Michael.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo