iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/07 - 18:10

Furacão se recupera e bate Vasco na Arena
Joãozinho, Márcio Azevedo e Anderson Aquino marcaram os gols da equipe paranaense, com Alan Kardec descontando para o time cruzmaltino

Gazeta Esportiva

CURITIBA - O Atlético-PR ajudou a aumentar a crise no Vasco. Atuando na Arena da Baixada neste domingo, o Furacão derrubou o time carioca por 3 a 1, chegando aos 16 pontos, um a mais do que os vascaínos, que não vencem há três jogos.

Joãozinho, Márcio Azevedo e Anderson Aquino marcaram os gols da equipe paranaense, com Alan Kardec descontando para o time cruzmaltino, que ainda desperdiçou um pênalti com Leandro Amaral. Na quarta-feira, o Vasco tem o clássico com o Fluminense, no Maracanã, enquanto o Atlético-PR joga no dia seguinte contra o Sport, em Recife.

Para tentar proteger a defesa do Vasco, o técnico Antônio Lopes surpreendeu e entrou em campo com o volante Matheus no lugar do meia Morais, que ficou no banco. Outra novidade na equipe carioca foi a escalação do nigeriano Abubakar, que estreou após sete meses apenas treinando em São Januário.

Com a bola rolando, no entanto, o Atlético-PR começou melhor e teve boa chance aos 16 minutos, quando Alan Bahia recebeu cruzamento e chutou de dentro da área, com a bola passando pelo goleiro Tiago, mas não pelo zagueiro Luizão, que salvou o Vasco em cima da linha. O Furacão abriria o placar três minutos depois, após Márcio Azevedo cruzar da esquerda e Joãozinho se antecipar a Eduardo Luiz para mandar a bola para as redes.

Mesmo em desvantagem no marcador, o Vasco não conseguia pressionar o adversário. Para tentar mudar o quadro, Antônio Lopes mexeu com 30 minutos e sacou Matheus para a entrada do meia Alex Teixeira. Um pouco antes, aos 27, o Atlético-PR quase marcou seu segundo gol quando Rhodolfo cabeceou e Tiago se esticou todo para espalmar. Aos 38, os paranaenses voltaram a ameaçar. Julio dos Santos foi lançado e bateu na saída do goleiro Tiago, com a bola tocando no braço de Eduardo Luiz antes de sair para escanteio.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Morais no lugar de Jean. Mas as falhas defensivas da equipe carioca continuavam evidentes. Aos cinco minutos, Ferreira passou fácil por Luizão e cruzou para Márcio Azevedo ampliar a vantagem do Atlético-PR.

Soberano na partida, o Atlético-PR não tinha dificuldade em chegar na área vascaína. Aos sete minutos, Joãozinho desperdiçou boa chance ao chutar em cima de Tiago. No rebote, o atacante atleticano ainda tentou de cabeça, mas Luizão aliviou o perigo para a equipe carioca.

Na base do desespero, Lopes colocou o atacante Alan Kardec em campo, queimando logo sua terceira substituição no início do segundo tempo. Esta modificação mostrou resultado aos 26 minutos, quando Alan recebeu cruzamento de Wagner Diniz e descontou para o Vasco.

O Vasco teve a chance de empatar aos 36 minutos, mas Leandro Amaral bateu mal o pênalti sofrido por Wagner Diniz e permitiu a defesa de Galatto. Após o susto, o Atlético-PR foi ao ataque e, aos 48 minutos, Anderson Aquino bateu na saída de Tiago para marcar o terceiro gol paranaense, selando a vitória.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 3 X 1 VASCO  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 20 de julho de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wallace Nascimento (ES)
Assistentes: Gélson Pimentel (ES) e Eremilson Xavier Macedo (DF)
Público: 19.303 presentes
Cartões amarelos: Valencia, Alan Bahia, Márcio Azevedo, Nei, Danilo (Atlético-PR); Leandro Amaral, Rodrigo Antônio (Vasco).
Gols: ATLÉTICO-PR: Joãozinho aos 19 minutos do primeiro tempo; Márcio Azevedo aos cinco e Anderson Aquino aos 48 minutos do segundo tempo. VASCO: Alan Kardec aos 26 minutos do segundo tempo.

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Rhodolfo (Chico) e Danilo; Nei, Alan Bahia, Valencia, Julio dos Santos (Anderson Aquino) e Márcio Azevedo (Douglas); Ferreira e Joãozinho.
Técnico: Roberto Fernandes

VASCO: Tiago; Rodrigo Antônio, Luizão e Eduardo Luiz; Wagner Diniz, Jonílson, Matheus (Alex Teixeira), Abubakar (Alan Kardec) e Pablo; Jean (Morais) e Leandro Amaral.
Técnico: Antônio Lopes

Outros resultado:


Leia mais sobre: Atlético-PR Vasco Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo