iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

20/07 - 10:09

Atlético-PR e Vasco duelam com técnicos ameaçados

Treinadores serão o foco do duelo disputado na Arena da Baixada neste domingo

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Contestados por suas respectivas torcidas neste Campeonato Brasileiro, os técnicos Roberto Fernandes e Antônio Lopes terão um domingo decisivo, quando Atlético-PR e Vasco se enfrentam, às 16 horas (de Brasília), na Arena da Baixada, em Curitiba. Lopes, comandante da equipe carioca - com 14 pontos - foi muito hostilizado pelos cruzmaltinos no empate com o Goiás na última quinta.

Do outro lado, com o Furacão somando apenas 12 pontos, Fernandes tem sido vaiado constantemente pelos paranaenses e balança no cargo desde o empate em casa com o Internacional.

Dono de diversos títulos pelo Vasco em outras passagens, Antônio Lopes sabe que a fase do time não é boa, mas tenta usar sua experiência para minimizar o princípio de crise que ameaça se instalar no clube carioca.

”É cultura no Brasil os treinadores serem chamados de burro, mas eu não me preocupo com isso, pois tenho mais de 30 anos de futebol. Minha maior preocupação é com o trabalho, é em melhorar a equipe do Vasco”, afirmou o treinador.

E neste domingo mais uma vez a defesa vascaína estará em xeque. Muito criticados, os zagueiros cruzmaltinos pedem a ajuda de todos os companheiros para conseguir que o time saia de campo sem levar gols, o que aconteceu apenas uma vez (contra o Sport) nas 12 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro.

”As pessoas criticam somente a defesa, mas isso não está certo. A marcação tem que começar lá no ataque, lá na frente”, afirmou Luizão que, de cabeça, fez o gol que impediu a derrota para o Goiás no meio de semana.

Antônio Lopes só deve divulgar a escalação do Vasco nos vestiários, mas o zagueiro Jorge Luiz e o meia Leandro Bomfim devem continuar de fora. O lateral-esquerdo Valmir, que voltou a lesionar o tornozelo no empate com o Goiás, é outro desfalque. Já o atacante Edmundo deve ser poupado para o clássico contra o Fluminense.

Tentando fugir do fantasma da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro – que está a apenas dois pontos de distância – o Atlético Paranaense tenta se refazer dos últimos tropeços para a partida deste domingo.

Roberto Fernandes não tem muitas opções para mudar o time e, como já confirmou logo após a derrota para o Cruzeiro, vai manter a mesma equipe. Com um elenco jovem, o treinador não quer jogar a responsabilidade nas costas dos garotos. Assim, Douglas Maia, que tem feito boas apresentações, deve continuar no banco.

Os problemas no elencojá justificam os maus resultados, segundo o técnico, que também prevê dificuldades no domingo. ''O Atlético continua com as mesmas dificuldades. Os jogadores que estão no departamento médico não serão liberados. Se você observar, o banco é todo de garotos. Vai complicar. O jeito é contar com a torcida na Arena'', analisou.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X VASCO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 20 de julho de 2008, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wallace Nascimento (ES)
Assistentes: Gélson Pimentel (ES) e Eremilson Xavier Macedo (DF)

ATLÉTICO-PR: Galatto; Antônio Carlos, Rhodolfo e Danilo; Douglas Maia, Alan Bahia, Valencia, Julio dos Santos e Márcio Azevedo; Ferreira e Joãozinho
Técnico: Roberto Fernandes

VASCO: Tiago; Rodrigo Antônio, Luizão e Eduardo Luiz; Wagner Diniz, Jonílson, Alex Teixeira, Morais e Pablo; Jean (Alan Kardec) e Leandro Amaral
Técnico: Antônio Lopes


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo