iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/07 - 18:08

Ponte mantém arrancada e afunda o Fortaleza: 3 a 0

Com o resultado, a Ponte manteve a sua arrancada na Segundona, completando a sua terceira vitória consecutiva

Gazeta Esportiva

FORTALEZA - No duelo entre dois times que vivem momentos distintos na Série B, a boa fase da Ponte Preta prevaleceu sobre a crise do Fortaleza. Na tarde deste sábado, pela 12ª rodada da competição, os campineiros bateram os cearenses por 3 a 0 em pleno Castelão, gols de Leandrinho e Luís Ricardo, ainda no primeiro tempo, e Marcelo Soares.

Com o resultado, a Ponte manteve a sua arrancada na Segundona, completando a sua terceira vitória consecutiva. A série positiva permitiu ao time se aproximar da zona de acesso, na quinta colocação, com 19 pontos, dois a menos que o Juventude, primeiro time no G-4, mas que entra em campo ainda nesta noite, para encarar o lanterna CRB, em casa.

Já o Leão também está interessado no jogo que fecha a rodada em Caxias do Sul. Isto porque o time pode terminar o final de semana na última colocação da Série B em caso de vitória dos alagoanos. Com o revés para a Ponte, a equipe permaneceu com dez pontos e chegou ao seu nono jogo consecutivo sem vitória.

Precisando desesperadamente da vitória diante de sua torcida, que compareceu em pequeno número ao Castelão, o Tricolor partiu para cima do time paulista no começo de jogo, mas encontrou dificuldade para encontrar espaço na defesa visitante. Assim, o jeito foi arriscar de fora da área – Rogério e Paulo Isidoro tentaram de longe, mas não levaram sucesso.

Aos 24 minutos, no entanto, o Leão conseguiu enfim chegar com perigo ao gol da Ponte. Paulo Isidoro recebeu na área e foi empurrado por trás. Os donos da casa reclamaram muito de pênalti, mas o juiz ignorou. Três minutos depois, foi a vez de Raúl tentar: ele recebeu de Paulo Isidoro e bateu para o gol, mas Aranha fez a defesa. Em seguida, o atacante tentou de novo, em boa jogada individual, mas bateu para fora.

Mas quando a fase não é boa...Depois de dominar a partida e desperdiçar as melhores chances de gol, o Fortaleza acabou castigado aos 36 minutos: Eduardo Arroz tabelou com Wanderley e cruzou para Leandrinho, que só desviou de Tiago Cardozo para abrir o placar. Nervoso, o Leão viu Vicente quase ampliar aos 44. Dois minutos depois, porém, Luís Ricardo aproveitou sobra da zaga e não perdoou: 2 a 0.

Em desvantagem, o técnico Barbieri fez duas alterações em sua equipe para o segundo tempo. Os donos da casa voltaram pressionando e quase marcaram a um minuto, quando a zaga campineira desviou para a própria meta. No entanto, faltava objetividade ao Fortaleza, que chegou a ficar dois minutos seguidos com a posse de bola, mas não criou nenhuma finalização.

Sem criatividade, o Leão arriscou jogadas individuais, duas vezes com Léo Jaime. Em ambas, porém, o atacante acabou desarmado, caiu na área e pediu pênalti, sem convencer o árbitro. Tranqüila, a Ponte Preta seguia bem postada na defesa e arriscava alguns contra-ataques. Em um deles, os visitantes sacramentaram a vitória, aos 36 minutos: Marcelo Soares recebeu na direita, driblou Tiago Cardoso e marcou um belo gol.

Antes do apito final, a Macaca ainda teve duas chances de ampliar, mas Tiago Cardoso evitou o vexame maior. Derrotado mais uma vez em casa, resta ao Fortaleza tentar a reação na próxima terça-feira, contra o CRB, em Alagoas, num duelo direto contra a lanterna da Série B. No mesmo dia, a Ponte Preta recebe o Vila Nova de olho em um lugar no G-4.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA 0 X 3 PONTE PRETA  (Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)
Data:19 de julho de 2008, sábado
Horário: 16h10 (de Brasília)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Assistentes: Carlos Jorge Titara da Rocha e Pedro Jorge Santos de Araújo (ambos de AL)
Cartões amarelos: Preto (Fortaleza); Vicente, Leandrinho e Wanderley (Ponte Preta)

Gols:
PONTE PRETA: Leandrinho, aos 36, e Luís Ricardo, aos 46 minutos do primeiro tempo. Marcelo Soares, aos 35 do segundo tempo

FORTALEZA: Tiago Cardoso; Dude (Marcos Bambam), Vitor, Preto e Guto (Bruno Ribeiro); Rogério, Erandir (Osvaldo), Eusébio e Raul; Paulo Isidoro e Leo Jaime
Técnico: Luis Carlos Barbieri

PONTE PRETA: Aranha; Eduardo Arroz, Gum, Bonfim e Vicente; Deda, Jairo (Ricardo Conceição), Leandrinho (André) e Renato; Luís Ricardo e Wanderley (Marcelo Soares)
Técnico: Paulo Bonamigo


Leia mais sobre: Ponte Preta Fortaleza Série B

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo