iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/07 - 12:48

Magistrado argentino irá à Itália investigar passaportes falsos
O juiz quer saber se funcionários públicos italianos estão envolvidos com a documentação falsa de cidadania européia

Trivela.com

BUENO AIRES (Argentina) - A Justiça argentina deve enviar para a Itália na próxima semana um juiz para aprofundar a investigação da emissão de passaportes italianos falsos em um consulado italiano daquele pais.

O juiz Norberto Oyarbide, encarregado das investigações na argentina pretende descobrir se a falsificação dos documentos teve a colaboração de funcionários de algumas das prefeituras de cidades italianas que forneciam documentação para os processos fraudulentos de emissão de cidadania européia.

Com um passaporte europeu, um jogador sul-americano amplia exponencialmente as suas chances de transferência e também a possibilidade de ganhar salário maior. Vários jogadores da Série A estão entre os implicados nas investigações argentinas, como o goleiro Carrizo (Lazio), Germán Denis (Napoli) e Pablo Ledesma (Catania).

Até agora, a operação que desmontou o esquema de passaportes na Argentina já prendeu 40 pessoas e envolveu dezenas de outras. Em 2000, outro escândalo semelhante ficou conhecido como “Passaportópolis”, quando diversos atletas da Série A foram pegos usando documentos ilegais de cidadania italiana. Entre eles, estavam os brasileiros Cafu e Dida, alem do argentino Verón e do uruguaio Recoba.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo