iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/07 - 20:31

Fluminense vence no sufoco e deixa a zona de rebaixamento

Thiago Neves fez o gol que tirou o Tricolor carioca da zona de rebaixamento, pelo menos até este domingo

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Com muita dificuldade, o Fluminense derrotou o Figueirense por 1 a 0 na noite deste sábado, no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Thiago Neves fez o gol que tirou o Tricolor carioca da zona de rebaixamento, pelo menos até este domingo, quando pode ser superado por Atlético-MG e Goiás, que jogam em casa, contra Coritiba e Palmeiras, respectivamente. Já o Figueira permaneceu com 19 pontos e desperdiçou a chance de se aproximar da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores.

Veja o gol da vitória do Flu sobre o Figueirense


O Fluminense começou a partida tentando impor um ritmo alucinante e foi desperdiçando boas oportunidades de marcar gols. Logo aos três minutos, Washington fez excelente jogada individual pela esquerda e cruzou, Thiago Neves, na corrida, chutou da pequena área e o goleiro Wilson fez grande defesa. No minuto seguinte Dodô recebeu assistência de Rafael, mas chutou na trave do time catarinense.

A pressão tricolor era intensa, enquanto o Figueirense parecia disposto apenas a administrar o resultado. Muito desfalcada, a equipe visitante não tinha nenhum poder de penetração. Aos 11 minutos, Washington quase abriu o marcador em cobrança de falta. A bola tocou no travessão de Wilson.

Sem conseguir entrar na defesa do Fluminense, os visitantes chegavam apenas em chutes de fora da área, como o de Jackson, aos 21 minutos, que mandou a bola para fora, assustando o goleiro Ricardo Berna. A última chance do primeiro tempo foi aos 42 minutos. Rafael cruzou, a zaga cortou de forma equivocada e Conca chutou para fora no rebote.

A segunda etapa começou com o Fluminense novamente no ataque, pressionando, mas com poucas chances claras de gol. A primeira delas foi aos quatro minutos, quando Thiago Neves recebeu na área e chutou cruzado para fora. A melhor chance apareceu aos 16 minutos. Arouca foi trombando com a zaga pelo lado direito, ganhou e rolou para Dodô que, na grande área, isolou a bola.

Com o passar do tempo, o Fluminense ficava nervoso em campo e errava muitos passes, o que facilitava o já sólido esquema defensivo montado pelo técnico do Figueirense, Paulo César Gusmão. A prova do desequilíbrio tricolor foi uma trombada de Conca e Tartá ao disputarem a mesma bola no meio-de-campo, aos 30 minutos.

A prova de que o Figueirense buscava apenas se defender é que o primeiro chute a gol do time na etapa final saiu apenas aos 34 minutos, quando após boa triangulação do ataque, Rafael Coelho fez a bola passar à direita da trave defendida por Ricardo Berna. A resposta do Fluminense veio dois minutos depois. Somália ajeitou e Thiago Neves, da entrada da área, chutou para grande defesa de Wilson.

Aos 38 minutos Rafael Coelho desperdiçou boa chance ao invadir a área e, ao driblar Ricardo Berna, preferir “cavar” o pênalti ao concluir o lance. O árbitro mineiro Ricardo Ribeiro não se deixou levar.

De tanto insistir, o Fluminense abriu o placar aos 39 minutos. Luiz Alberto cruzou da esquerda, o goleiro dividiu com Rafael e a bola sobrou para o chute certeiro de Thiago Neves. Os jogadores do Figueirense reclamaram muito de uma falta em Wilson que não existiu e Paulo César Gusmão acabou expulso por invadir o gramado. Depois disso, o Fluminense se limitou a administrar a vantagem contra o já batido Figueirense.

O Fluminense agora terá pela frente o clássico carioca contra o Vasco, às 21h50, novamente no Maracanã, na próxima quarta-feira. Na quinta-feira, só que às 20h30, o Figueirense recebe o Grêmio no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em Santa Catarina.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 x 0 FIGUEIRENSE
(Veja como foi o jogo lance a lance)

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 19 de julho de 2008 (Sábado)
Horário: 18h20min(de Brasília)
Árbitro: Ricardo Ribeiro (MG)
Assistentes: Jair Félix (MG) e Guilherme Camilo (MG)
Renda: R$ 148.267,00
Público: 12.499 pagantes
Cartões amarelos: Arouca e Luiz Alberto (Fluminense) e William Matheus, Rodrigo Fabri, Wilson e Leandro Carvalho (Figueirense)
Gols: FLUMINENSE: Thiago Neves aos 39 minutos do 2º Tempo

FLUMINENSE: Ricardo Berna, Rafael, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho (Tartá), Arouca, Darío Conca e Thiago Neves; Dodô (Somália) e Washington
Técnico: Renato Gaúcho

FIGUEIRENSE: Wilson, Anderson Luis, Bruno Aguiar, Asprilla e William Matheus; Leandro Carvalho, Jackson, Rodrigo Fabri (Ramon) e Marquinho; Ricardinho (Wellington Amorim) e Tadeu (Rafael Coelho).
Técnico: Paulo César Gusmão


Leia mais sobre: Fluminense Figueirense Brasileirão

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Photocamera

Fora da zona
A vitória deste sábado tira, pelo menos provisoriamente, a equipe da zona da degola

Topo