iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/07 - 14:23

Daniel Alves diz que não veio para o Barça por causa de Ronaldinho
"Não vim ao Barça porque estavam aqui Ronaldinho, Deco, ou Eto'o, mas pelo projeto da equipe, do qual gostei muito", disse

EFE

BARCELONA (Espanha) - O lateral-direito brasileiro Daniel Alves, novo reforço do Barcelona, disse que não assinou com o clube devido à presença no elenco de jogadores como o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho - recentemente vendido ao Milan -, mas pelo projeto oferecido pela equipe.

O jogador, que hoje passou por uma série de testes físicos e exames médicos juntamente com alguns atletas do elenco, foi taxativo ao responder que não aceitou a proposta do Barcelona por suas estrelas, mas por tudo o que o clube representava.

"Não vim ao Barça porque estavam aqui Ronaldinho Gaúcho, o meia brasileiro naturalizado português Deco (agora no Chelsea), ou o atacante camaronês Samuel Eto'o (que deve ser o próximo a sair do clube), mas pelo projeto da equipe, do qual gostei muito", disse.

"Tinha um objetivo em mente quando vim para cá e continuo tendo", disse o lateral-direito, que preferiu não comentar o fato de ter sido a contratação mais cara do futebol europeu da temporada até agora. "Não penso no meu valor, mas no que quero fazer aqui", afirmou.

Para Daniel Alves, a debandada dos craques do Barça não foi surpresa. "Os jogadores não duram para sempre no time. Os que saíram deixaram o clube pela porta da frente. Acho que o que deve ficar é o que eles trouxeram de bom", acredita.

O brasileiro disse que ainda não teve a oportunidade de conversar com o técnico Josep Guardiola, mas tem "sensações bastante positivas", depois de suas primeiras horas em Barcelona.

Daniel Alves, que conquistou duas vezes a Copa da Uefa com o Sevilla, tem como claro objetivo o título da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol, e diz não temer a pressão. "São dois títulos que não tenho. Estou acostumado à exigência. Aceito os desafios", explicou.

Ao ser perguntado se pretendia vestir a camisa 10, livre após a saída de Ronaldinho Gaúcho, o jogador disse não ter preferência por nenhum número. "Para mim, isto é o de menos. Usarei a que me derem, o que quero é jogar", disse o brasileiro, que também acha que o número não condiz com sua posição de lateral-direito.

Devido aos exames médicos, Daniel Alves não participou da sessão de treinos de hoje, a penúltima antes de viajar para St. Andrews, na Escócia, onde o Barcelona fará sua pré-temporada. EFE fa/ev/dp


Leia mais sobre: Barcelona Daniel Alves Ronaldinho Gaúcho

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo