iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

19/07 - 20:42

Após derrota prevista, corintianos falam em rendimento vitorioso

Se jogarmos assim, sempre sairemos vitoriosos em outros jogos”, aposta o meia Douglas

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A frase “eu já sabia” é comumente usada por torcedores quando uma equipe é campeã. Também serviu para técnico e jogadores do Corinthians comentarem a primeira derrota na Série B do Campeonato Brasileiro, por 1 a 0 para o Bahia, neste sábado, no Pacaembu.

“Eu já sabia”, lembrou o técnico Mano Menezes, assim como muitos de seus comandados. “Disse várias vezes que nenhuma equipe é invencível e que poderíamos perder no dia em que não fôssemos tão brilhantes. Aconteceu. Criamos muitas chances, mas não fizemos o gol”, acrescentou.

Nenhum jogador ousou discordar de que a derrota era previsível. Só não esperavam que fosse neste sábado, no Pacaembu, onde criaram uma série de oportunidades para marcar. “Faltou sorte e um pouco de calma. Foram várias oportunidades, até com uma bola na trave do Lulinha. Se jogarmos assim, sempre sairemos vitoriosos em outros jogos”, apostou o meia Douglas.

O zagueiro William chegou até a comparar o desempenho do Corinthians contra o Bahia com o da goleada por 5 a 0 sobre o Marília, no dia 8 de julho. “O volume de jogo foi o mesmo”, disse o capitão da equipe, um dos atletas que eram mais incrédulos com a possibilidade de terminar a Série B sem nenhuma derrota. “Ninguém gosta de perder, mas é difícil não ter esses percalços. Precisamos manter o foco.”

Alguns corintianos falaram que a vitória do Bahia poderia ser encarada de maneira positiva, como um alerta. “Não existe hora para perder”, rebateu o goleiro Felipe, outro que reclamou dos gols perdidos. Na contramão dos jogadores, Mano Menezes ensinou: “Futebol não é chance de gol, mas bola na rede”.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo