iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/07 - 14:09

Sem Valmir, Vasco busca alternativa para lateral-esquerda
Buscando soluções para o problema, o Vasco deverá observar o lateral argentino Marcos Charras durante um período de testes em São Januário

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Em meio à campanha irregular que o Vasco vem cumprindo durante toda a temporada, um dos pontos fracos do time tem sido a lateral esquerda. Antes do Campeonato Brasileiro, para tentar contornar o problema, o clube contratou Valmir, até então na reserva do Palmeiras, mas o jogador tem passado mais tempo no departamento médico do que em campo.

Após se machucar na estréia contra o Botafogo, em maio, Valmir retornou ao time na última quinta-feira, quando voltou a sentir um problema no tornozelo e teve que deixar o gramado de São Januário poucos minutos após ter substituído Pablo.

Buscando soluções para o problema, o Vasco deverá observar o lateral argentino Marcos Charras durante um período de testes em São Januário. Aos 25 anos, o jogador tem em seu currículo passagens por Rosario Central, Quilmes e Vélez Sarsfield, todos da Argentina, além do CSKA Sofia, da Bulgária, e do FC Dallas, dos Estados Unidos. Caso seja aprovado, Charras deverá assinar contrato com o Vasco até o final deste ano, ficando à disposição também para a Copa Sul-Americana.

Por outro lado, o vice-presidente de futebol, Manoel Fontes, o Neca, confirmou que o elenco deverá sofrer uma redução nos próximos dias. “Já existe um grupo de jogadores que está treinando à parte e que não faz parte dos planos da comissão técnica. Vamos procurar dar o melhor destino para cada um deles”, afirmou o dirigente cruzmaltino.

Um jogador pode ter seu destino definido em breve. Pouco utilizado por Antônio Lopes, o atacante Landu deverá ser cedido ao Brasiliense. Já o zagueiro Vílson também poderá ser emprestado para ganhar experiência em outro clube.

Enquanto isso, o Vasco também faz cortes em outras áreas. Os supervisores André Araújo e Nilson Gonçalves, o auxiliar-técnico Amilton Oliveira e o preparador físico Mauro Britto, todos remanescentes da gestão de Eurico Miranda, foram demitidos nesta sexta-feira.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo