iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/07 - 22:26

Paraná bate o Brasiliense na Boca do Jacaré

Jogando como visitante, o time paranaense matou a partida ainda no primeiro tempo, marcando aos 31 e aos 37 minutos

Gazeta Esportiva

TAGUATINGA - Em um jogo de desesperados, o Paraná Clube se deu melhor e bateu o Brasiliense por 2 a 1, em plena Boca do Jacaré, reagindo na Série B do Campeonato Brasileiro. Com 14 pontos ganhos, os paranaenses deixaram para trás o risco de entrar na zona de rebaixamento e de quebra ultrapassaram o adversário na classificação

Tentando buscar os pontos perdidos em casa, o Tricolor partiu para o ataque. Logo no primeiro minuto, Fábio Luiz recebeu cruzamento e cabeceou com perigo por cima da meta. Aos cinco minutos, Fábio Luiz tentou entrar na área, mas a bola sobrou para Claudemir, que arrematou pela linha de fundo. O primeiro bom chute da equipe da casa somente aos nove minutos, com Iranildo arriscando de fora da área.

O Brasilense melhorou no jogo e, aos 12 minutos, Jóbson driblou o goleiro e tocou para o gol. Só não contava com Luciano, que apareceu em cima da hora para salvar. Na resposta, aos 15 minutos, Giuliano fez ótima jogada individual e deixou Everton de frente para as redes, mas o meia paranista perdeu. Aos 23 minutos, foi a vez de Fábio Luiz invadir a área, tirar o goleiro adversário e perder a chance.

Depois de uma série de gols perdido pelos dois times. Aos 30 minutos, Agenor entrou na área e foi derrubado. O árbitro marcou pênalti para os paranaenses. Na cobrança, Fábio Luiz balançou as redes. Aos 35 minutos, Éverton arriscou de longe e quase ampliou. Mas, aos 43 minutos, Gabriel derrubou Jóbson na área. Pênalti cobrando por ele mesmo, que converteu e deixou tudo igual no placar.

No segundo tempo, o Paraná voltou novamente com mais volume de jogo, mas sem conseguir criar as mesmas boas oportunidades. Na primeira chance, aos dois minutos, Claudemir arriscou o chute e a bola foi pela linha de fundo. Aos nove minutos, Everton entrou na área em velocidade, mas acabou deslocando o zagueiro e fazendo falta, desperdiçando mais umas boa chegada paranista.

De olho nos três pontos, o técnico Rogério Perrô colocou um segundo atacante no Tricolor. Aos 15 minutos, Jóbson recebeu na entrada da área, mas Gabriel, ligado, saiu para abafar. Na resposta, Giuliano não alcançou a bola, Guto saiu mal do gol e quase se complicou. Aos 24 minutos, Everton cobrou falta, mas exagerou na força. O ritmo da partida caiu bastante.

O Tricolor fazia uma boa apresentação no Distrito Federal, mas a bola não entrava. Aos 30 minutos, Marcelinho chutou cruzado e a bola passou tirando tinta da trave. Aos 34 minutos, Claudemir cobrou falta e a bola passou por cima da meta. O jogo se encaminhava para o final o resultado era ruim para os dois times. Até que aos 38 minutos, Marcelinho invadiu a área e fuzilou para dar a vitória ao Tricolor.

Na próxima rodada, o Paraná Clube recebe ao Barueri, terça-feira, no Estádio Durival de Britto e Silva, a Vila Capanema, na capital paranaense. Já o Brasiliense no mesmo dia vai à Santa Catarina, onde enfrenta o Criciúma, no Estádio Heriberto Hulse.

FICHA TÉCNICA
BRASILIENSE-DF 1 x 2 PARANÁ-PR

Local: Estádio Boca do Jacaré, em Taguatinga (DF)
Data: 18 de julho de 2008, sexta-feira
Horário: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Guilherme Cereta De Lima (SP)
Assistentes: Giovani Cesar Canzian (SP) e Dante Mesquita Júnior (SP)
Cartões amarelos: Gleidson (Brasiliense); Naves, Everton, João Paulo (Paraná)
Cartão vermelho: Fàbio Braz (Brasiliense)
Gols: BRASILIENSE: Jóbson, aos 43 minutos do primeiro tempo PARANÁ: Fábio Luiz, aos 30 minutos do primeiro tempo

BRASILIENSE: Guto; Paulo Ricardo, Fábio Braz, Aílson e Gleidson; Junhinho, Léo, Iranildo (Fábio Baiano) e Athirson (Caíque); Dimba (Alex Dias) e Jóbson.
Técnico: Vitor Hugo

PARANÁ: Gabriel; Ricardo Ehle, Luciano e João Paulo; Claudemir, Agenor, Naves (Marcelinho), Éverton (Elvis), Giuliano e Rogerinho; Fábio Luis (Gílson).
Técnico: Rogério Perrô


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Gazeta Press

Vitória fora
O triunfo desta sexta fora de casa distância o Tricolor paranaense da zona de rebaixamento

Topo