iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/07 - 16:01

Lusa muda meio time para encarar o Ipatinga

Sem Preto, Benazzi deve promover a entrada do volante Carlos Alberto e atuar só com um meia 

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - A suada virada conquistada sobre o Náutico na quarta-feira não garantiu aos titulares da Portuguesa. Para encarar o Ipatinga neste sábado, em Minas Gerais, o técnico Vagner Benazzi terá quatro desfalques e fará cinco mudanças na equipe que começou o duelo no Canindé.

Todos os setores terão novidades.

No gol, o veterano Sérgio está mantido, já que André Luís segue machucado na mão. Na defesa, serão três mudanças: o lateral-direito Patrício, com dores na coxa esquerda, e deixa sua vaga para Wilton Goiano; na esquerda, Bruno Recife retoma seu posto, assim como Halisson na dupla formada com Bruno Rodrigo.

Mudança mais inesperada, Patrício teve sua lesão minimizada por Benazzi, que justificou a alteração para poupar o camisa 2 de olho no duelo contra o Flamengo na próxima quarta-feira. “O Patrício está esgotado. Não posso colocar ele nesse jogo para ele arrebentar. Vou escalar o Goiano, que está bem e esperando sua chance, e depois vejo como vai estar o Patrício para jogar contra o Flamengo”.

No meio-campo, sem poder contar com Preto, suspenso, além do reserva Claudecir, com lombalgia, o treinador optará pela entrada do volante Carlos Alberto, reforçando o setor que já conta com Gavilán e Erick na proteção da zaga. Edno será o único meia de origem – o camisa 11 também não treinou nesta sexta-feira, por cansaço, mas está confirmado.

Completando as caras novas do time, Jonas, autor do gol nos acréscimos que deu o triunfo sobre o Náutico, ganha chance ao lado de Diogo. E já é elogiado pelo novo companheiro.

“O Jonas tem um estilo parecido comigo, se movimenta bastante. Tem características diferentes do Washington e até do Christian que estava com a gente. Vamos procurar as jogadas de velocidade, como fazia com o Vaguinho no ano passado”, comparou Diogo.

Menos preocupado com seu ataque, Benazzi dedicou boa parte do único treino antes do embarque para Ipatinga às bolas paradas. O técnico busca a volta da sólida defesa que caracterizou a Lusa no Campeonato Paulista e no início do Brasileiro. Esta condição, contudo, o comandante espera contar quando Ediglê entrar na equipe.

“Esse é o preço que se paga por mudar um esquema. Decidimos jogar no 4-4-2, sem três volantes. Mas ainda falta a estréia do Edgilê, e espero que com ele nós voltemos a ter uma consistência defensiva”, estimou.

Ainda sem o reforço vindo do Internacional, a Portuguesa deve entrar em campo neste domingo com a seguinte escalação: Sérgio; Wilton Goianio, Bruno Rodrigo, Halisson e Bruno Recife; Erick, Gavilán, Carlos Alberto e Edno; Diogo e Jonas.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo