iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/07 - 13:38

Fernandes pede apoio e tenta arrumar o ataque
Foco de Fernandes agora é arrumar o ataque, que não tem funcionado na competição

Gazeta Esportiva

CURITIBA - Precisando aproveitar melhor as partidas na Arena da Baixada para deixar a situação ruim na classificação do Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense recebe no domingo o Vasco da Gama e só pensa na vitória. Criticado pela torcida, que pede a sua saída, o técnico Roberto Fernandes tenta pedir paciência.

Para o treinador, os torcedores precisam fazer seu papel apoiando, já que a pressão negativa é sentida em campo. “Apesar de só gritarem contra o meu nome, os jogadores também sentem. Se eu der mais pressão aos pratas da casa do que eles têm, será difícil eles terem força para ajudar o time a sair dessa situação”, pediu.

O foco de Fernandes agora é arrumar o ataque, que não tem funcionado na competição. O técnico testou algumas variações diante da Raposa, mas deve manter o time que foi derrotado por 1 a 0 no Mineirão.

“Colocamos o Anderson Aquino, que é um velocista, e adiantamos o Douglas, para deixá-lo mais adiantado junto com o Ferreira. Faltou um pouso de força ofensiva. Chegamos e criamos chance para vencer e, se criou tem que matar. Se não eles vão lá e matam”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo