iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

18/07 - 14:04

Botafogo promete postura ofensiva no Morumbi
O técnico Ney Franco é outro que compartilha da idéia de que o Botafogo precisa jogar o seu futebol, respeitar o estilo de jogo de seus atletas e tentar derrotar o São Paulo

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - A vitória de goleada sobre o Ipatinga, por 4 a 0, devolveu a tranqüilidade ao Botafogo, que se afastou da zona de rebaixamento ao chegar aos 15 pontos, quatro a mais que o Goiás, último que cairia para a Série B do Campeonato Brasileiro se a competição terminasse nesta sexta.

Porém, todos em General Severiano reconhecem que manter a boa fase é fundamental e por isso pontuar é necessário no duelo deste domingo contra o São Paulo, às 18h10, no Morumbi, pela 13ª rodada. Justamente para não retornar sem nada ao Rio que o Glorioso promete uma postura ofensiva na capital paulista.

'Respeitamos muito o São Paulo, que é um dos candidatos ao título e um time muito complicado de ser batido, principalmente quando atua em seus domínios. O Morumbi estará cheio porque o time vem de resultados importantes, mas temos que fazer a nossa parte e jogar o nosso futebol. O Botafogo precisa tanto destes três pontos quanto o São Paulo e por isso teremos que brigar muito, jogando no ataque e sem termos medo do adversário', assegurou o meia Lucio Flavio.

Outro jogador muito experiente do atual elenco do Botafogo, o volante Túlio reconheceu que apenas com uma postura ofensiva é que o time carioca vai conseguir se impor no Morumbi e deixar a capital paulista com os três pontos. O atleta lembrou que se ficar na defesa o Alvinegro poderá não suportar a pressão.

'O Botafogo precisa chegar no Morumbi e fazer seu jogo, buscando o ataque, mas com a responsabilidade de não deixar o sistema defensivo descoberto. Uma coisa é certa, não podemos nos limitar a se defender e esperar o tempo passar, pois isso vai dar campo ao São Paulo e uma hora eles vão acabar fazendo o gol. O Botafogo precisa se impor em campo e atacar, criando dificuldades ao São Paulo. Temos que mostrar que se o nosso adversário quiser atacar estará vulnerável ao contra-golpe', alertou Túlio.

O técnico Ney Franco é outro que compartilha da idéia de que o Botafogo precisa jogar o seu futebol, respeitar o estilo de jogo de seus atletas e tentar derrotar o São Paulo no Morumbi. O treinador garante que o Glorioso não vai atuar muito fechado, já que não tem essa vocação.

'O Botafogo vem jogando há dois anos de forma ofensiva, buscando o gol e atuando para frente independentemente de estádio ou mando de campo. Por isso seria uma temeridade pedir para os jogadores recuarem. É claro que teremos que ter equilíbrio, sermos compactos e não corrermos riscos. Mas no sistema de pontos corridos o empate muitas vezes nem é bom fora de casa e dessa forma buscaremos os três pontos', disse Ney.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo