iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/07 - 15:59

Frustrado no Sport, Leandro Machado anuncia aposentadoria
O jogador já havia manifestado o desejo de pendurar as chuteiras há cerca de um mês

Gazeta Esportiva

RECIFE - Frustrado com seu baixo rendimento no ataque do Sport e precisando fazer uma cirurgia no joelho para corrigir uma lesão, o atacante Leandro Machado resolveu abandonar a equipe e, assim, encerrar a carreira. A informação foi confirmada nesta quinta-feira, após o empate em 2 a 2 com o Grêmio, no qual o centro-avante fez a última partida como profissional.

“Vou parar de jogar. Acho que a torcida do Sport merece que eu jogue melhor e isso é algo que não estou conseguindo. Estou chateado porque sei que jogo bem melhor do que isso, sou muito mais veloz e não costumo perder tantos gols. Vou conversar com a direção para resolver a situação”, disse Leandro Machado, ainda no gramado após o empate, de acordo com o site Diário de Pernambuco .

O jogador já havia manifestado o desejo de pendurar as chuteiras há cerca de um mês, mas, com o fraco desempenho desta quarta-feira e mais oito meses de recuperação após a cirurgia que teria de ser feita, tomou a decisão de maneira definitiva. A diretoria do Sport não deve se opor, aceitando encerrar o contrato do atleta.

“Ele conversou conosco e está mesmo decidido. Ele não quer fazer a cirurgia no joelho e ficar oito meses parado. Isso é uma decisão pessoal e vamos acatar”, confirmou o vice-presidente de Futebol do Leão, Guilherme Beltrão.

Leandro Machado encerra a carreira aos 32 anos, acumulando passagens por Internacional, Santos, Grêmio e Flamengo, além do Sport. No exterior, atuou pelo Valência e Tenerife, da Espanha e pelo Sporting, de Portugal, além de passagens pela Ucrânia, México, Coréia e Paraguai.

No Leão Pernambucano, chegou já durante o Estadual e, após 30 jogos disputados, marcou 10 gols, média inferior à conquistadas em outros clubes como com o Internacional, pelo qual fez 11 gols em 22 jogos, no Brasileiro de 1996.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo