iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

17/07 - 10:04

Adilson Batista elogia o comportamento do time
O técnico do Cruzeiro costuma valorizar sempre os aspectos táticos do jogo. Contra o Atlético-PR,  foram muitas variações.

Gazeta Esportiva

O time teve Camilo na lateral, atacantes e meias de diferentes características revezando, mas não foi só por isto que a vitória veio. O próprio treinador reconhece que o gol, aos 40 minutos do segundo tempo, foi fruto da garra dos jogadores.

“Eu pedi para eles que acreditassem, fossem um pouco mais objetivos e rápidos. Tivemos algumas chances, uma bola na trave com o Jadilson na falta. Acho que eles foram premiados. Estão de parabéns”, elogia o comandante.

Adilson Batista acredita que a superação dos jogadores é ainda mais valorosa quando se tem em conta o desgaste físico. “A gente tem que enaltecer o comportamento deles. Tínhamos as nossas preocupações. Desde quinta-feira, contra o Ipatinga, o desgaste era muito grande, e teve o clássico também. Às vezes podemos relevar a partir disto também”, explica.

Esta foi a terceira partida seguida em que o Cruzeiro marcou nos minutos finais. “Hoje eu passava isso para eles (jogadores), nós precisamos acreditar, insistir, ter confiança no que nós estamos fazendo. Tem que superar as dificuldades do jogo, na marcação, no posicionamento do adversário, na qualidade”, diz o técnico.

A partida marcou ainda as pazes da torcida com Adilson Batista. O treinador, no entanto, minimiza os aplausos de quarta, assim como as vaias de antes. “Eu tenho respeito, carinho (pelo torcedor), não me iludo com isso. Tento fazer o meu melhor, é dedicação que a gente tem. Às vezes a gente acerta, às vezes a gente erra”, afirma.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo