iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/07 - 09:07

Ronaldinho Gaúcho chega à Itália para ser apresentado pelo Milan

Brasileiro teve sua contratação anunciada oficialmente nesta terça-feira pelo Milan

Redação iG Esporte com agências


MILÃO (Itália) - O meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho chegou hoje ao aeroporto internacional de Milão, porém não deve ocorrer hoje a apresentação dele como novo reforço do Milan, ao contrário do que havia sido divulgado anteriormente pelo clube italiano.

O jogador, cujo acerto com os italianos ocorreu apenas no fim da noite de ontem, foi recebido por muitos torcedores e jornalistas no aeroporto de Malpensa. Ronaldinho chegou acompanhado de Adriano Galliani, vice-presidente e chefe-executivo do Milan, e foi recebido por Ariedo Braida, diretor-geral do clube.

Segundo a imprensa italiana, muitos torcedores já aguardavam o brasileiro no centro de treinamento do Milan, que iniciará hoje os trabalhos de pré-temporada. Inicialmente, o clube havia marcado para hoje à tarde a apresentação do jogador, que dessa maneira coincidiria com a apresentação dos outros reforços do Milan para a temporada.

Entretanto, o craque brasileiro ainda deverá efetuar os exames médicos de rotina e, em seguida, assinar o contrato. Portanto, deve ser apresentado oficialmente somente nos próximos dias.

Barcelona e Milan chegaram a um acordo para a transferência de Ronaldinho Gaúcho por cerca de 25 milhões de euros — 21 fixos e quatro variáveis, pagos se o clube se classificar à Liga dos Campeões nas próximas quatro temporadas.

Liberado para Pequim
Quanto à dúvida sobre o fato de Ronaldinho Gaúcho ser ou não liberado para disputar a Olimpíada, em agosto, ela foi desfeita pelo vice-presidente milanista, Adriano Galliani.

"Ele havia assumido compromissos precedentes que nós respeitaremos", disse o dirigente após a chegada do jogador. "Se ele já fosse do Milan (na época da convocação), não iria às Olimpíadas, mas ele será definitivamente nosso em uma semana, e assim o deixaremos ir", afirmou, justificando assim a não liberação de Kaká.

Jogadores do Milan não aprovam
Um dos principais jornais esportivos da Itália, o Gazzetta dello Sport, publicou que vários jogadores do Milan foram contrários à compra do jogador Ronaldinho. Sem citar nomes, o jornal diz, em sua edição desta quarta-feira, que um dos principais desafios dos dirigentes do Milan será fazer com que Ronaldinho se sinta à vontade na equipe, já que os outros jogadores "não concordam com a compra do passe do craque brasileiro".

"O resto do time vai estar disposto a apoiar as jogadas do sul-americano depois de ter publicamente mostrado que não concordava com a escolha?", indaga o artigo do jornal que chamou a equipe, que, além de Ronaldinho, conta com Kaká, Dida, Pato, Emerson e Ronaldo, de "sucursal da seleção brasileira. 

Leia também:


Leia mais sobre: Ronaldinho Gaúcho Milan

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Reprodução

Aguardado pelos fãs
Ronaldinho já chegou para ser recebido pelos torcedores do Milan durante sua apresentação

Topo