iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

16/07 - 08:26

Em crise, Fast-AM recebe o Luverdense-MT
O Fast recebe nesta quarta-feira, às 20h30(de Brasília), no Vivaldão, em Manaus (AM), o Luverdense, do Mato Grosso, em partida válida pela 3ª rodada da primeira fase da série C. O diretor do clube amazonense, em parceria com o diretor do Holanda, outro representante do estado na série C, ameaçaram nesta segunda-feira retirar as duas equipes do campeonato, caso não recebam repasses financeiros prometidos pelo governo do Amazonas.

Gazeta Esportiva

Mergulhados em dívidas, os clubes ameaçam ir à CBF ainda essa semana oficializar a saída. “Não temos mais condições. Se não houver solução, vamos abandonar o campeonato”, ameaça Ney Júnior, representante do Fast. Se cumprirem a promessa de, as duas equipes podem ser banidas por duas temporadas do futebol profissional.

O Governo do estado havia prometido há cerca de um mês à Federação Amazonense de Futebol (FAF) repassar R$ 1,5 milhão para que os dois clubes dividissem entre si.

Totalmente alheio à crise do adversário, o Luverdense chega cheio de moral à Manaus. Liderando o grupo 1, os mato-grossenses vêm de uma goleada de 4 a 2, contra o Rio Branco, do Acre e fazem sua segunda partida na competição contra o Fast. Se ganharem, fecham a rodada em primeiro, mas se perderem, o grupo fica embolado, com todas as equipes somando três pontos.

Para o jogo contra o Fast o técnico Nestor Simionatto conta com o retorno do volante Mário Sérgio, que cumpriu suspensão contra o Rio Branco. Depois da partida da quarta-feira o time viaja para o Acre, onde enfrenta novamente o Rio Branco, na capital acreana.

Também se enfrentam nesta quarta-feira, pela 3ª rodada do grupo 02, Progresso, de Roraima, e o Cristal do Amapá. O jogo acontece na cidade de Boa Vista (RR), no estádio Ribeirão, às 20h30 (de Brasília). O Progresso não somou nenhum ponto até agora, e ocupa o último lugar. Se vencer a equipe da casa, o Cristal assume provisoriamente a liderança do grupo.

Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo