iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/07 - 21:30

Verdão tenta afastar instabilidade ante o ascendente Fluminense

Para evitar que a crise se agrave, Palmeiras espera manter o Flu entre os últimos colocados do Nacional

Gazeta Esportiva

Na classificação do Campeonato Brasileiro, a vantagem do Palmeiras sobre o Fluminense é clara (18 pontos contra apenas nove dos cariocas). Mas o retrospecto recente faz o Verdão abusar da cautela para enfrentar nesta quarta-feira, às 21h50, o Tricolor das Laranjeiras, que iniciou sua reação na competição nacional com duas vitórias seguidas.

O Palmeiras, em contrapartida, amargou dois empates e uma derrota nas últimas três apresentações e pode igualar a pior série negativa do ano caso não vença. Além disso, o campeão paulista sabe que o Fluminense vem com força total no Campeonato Brasileiro depois da perda da final da Libertadores da América.

Um dos objetivos do Palmeiras nesta quarta-feira é encerrar com a síndrome do primeiro tempo. Nas apresentações ante Atlético-MG e São Paulo, o Verdão foi criticado pela ampla inferioridade nos 45 minutos iniciais. “Isso não deve acontecer mais pela qualidade da nossa equipe”, decreta o meia Diego Souza.

A defesa tem sido o principal temor do Palmeiras nas últimas apresentações. Recém-contratados, Jéci e Gladstone ainda buscam o entrosamento ideal. Eles devem ser mantidos para o jogo contra o Fluminense, já que David e Gustavo seguem machucados.

“É um momento normal para uma dupla que está jogando faz apenas três partidas. Ainda com essa seqüência de partidas de quarta e domingo, é praticamente impossível treinar. Esperamos alcançar o entrosamento com os jogos”, explica Jéci.

Para o meia Diego Souza, a ordem é dar uma palavra de incentivo à zaga do Verdão. “Falta de entrosamento tem sim, é normal. Existe a dificuldade, mas se o time não está vencendo não é culpa da defesa. Não fizemos por onde vencer essas partidas”, relata.

Além da zaga, o técnico Wanderley Luxemburgo conta com ausências importantes no meio-campo alviverde. Em tratamento do tornozelo direito, o volante Pierre, melhor marcador do Palmeiras, segue fora. Para completar, Martinez sentiu uma contusão muscular contra o São Paulo e pára, no mínimo, por três semanas.

Com isso, Sandro Silva ou Jumar podem aparecer como novidades no meio-campo palmeirense. Destaque também para a provável volta do lateral-direito Eder Granja, ausente das últimas três apresentações por um problema na coxa.

Diante do Fluminense, o Palmeiras ainda terá que se superar com a falta de seu principal artilheiro: Alex Mineiro, autor de sete gols no Brasileirão, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e é desfalque pela primeira vez no ano. Lenny e Denílson são as opções.

Motivado: No Fluminense, o meio-campista Thiago Neves demonstra um sentimento especial para enfrentar o Palmeiras. No começo do ano, o jogador quase ficou afastado dos campos devido a um imbróglio com o Verdão na Justiça.

“Da última vez que joguei no Palestra, fui muito vaiado. Então se puder fazer um gol, quero calar o estádio”, disse Thiago Neves, sem medir as palavras. O jogador chegou a assinar um pré-contrato com o Palmeiras, mas optou ficar no Fluminense.

Sem pensar em polêmicas, o técnico Renato Gaúcho tem conversado com seus jogadores sobre a importância de o time conseguir ganhar fora de casa, o que ainda não aconteceu neste Brasileirão. Mesmo reconhecendo as qualidades do Palmeiras, o treinador tricolor quer voltar da capital paulista com os três pontos. “Foi muito importante termos conseguido derrotar o Atlético Paranaense e o Vitória em casa, mas isso está longe do ideal, se levarmos em consideração que perdemos pontos importantes no Maracanã. Por isso precisamos recuperar esses pontos como visitantes. Isso é fundamental para o papel que queremos desempenhar no Brasileiro”, comentou Renato.

Menos pressionados por causa dos triunfos recentes, os jogadores do Fluminense sabem que as críticas voltarão em caso de novos tropeços. “Temos que focar no Palmeiras e pensar em um jogo de cada vez, pois nosso primeiro objetivo é deixar essa incômoda zona de rebaixamento. Não podemos visualizar outros objetivos por enquanto, senão tropeçaremos pelo caminho e com novos tropeços as críticas retornam”, disse o lateral-esquerdo Júnior César. Na escalação, o vice-campeão da Libertadores terá apenas uma substituição em relação ao time que venceu o Vitória na última rodada. Depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o goleiro Fernando Henrique retorna na vaga de Ricardo Berna.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X FLUMINENSE

Local:
Palestra Itália, em São Paulo (SP)
Data: 16 de julho de 2008, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Paulo Ricardo Silva Conceição e José Antonio Chaves Franco Filho (ambos RS).

PALMEIRAS: Marcos; Elder Granja, Jéci, Gladstone e Leandro; Sandro Silva (Jumar), Léo Lima, Diego Souza e Valdívia; Lenny e Kléber
Técnico: Wanderley Luxemburgo.

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Rafael, Thiago Silva, Luiz Alberto e Júnior César; Fabinho, Arouca, Darío Conca e Thiago Neves; Dodô e Washington.
Técnico: Renato Gaúcho.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo