iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/07 - 16:25

Ramires espera retomada após gol salvador

Volante marcou um gol aos 46 minutos do segundo tempo, que garantiu a vitória no clássi contra o Galo

Gazeta Esportiva

BELO HORIZONTE - Ramires disputou 32 partidas pelo Cruzeiro em 2008, marcando nove gols. No entanto, nenhum deles foi tão importante quanto o que fez no último domingo, aos 46 minutos do segundo tempo, na vitória por 2 a 1 sobre o Atlético-MG no Mineirão pelo Campeonato Brasileiro.

Mais do que garantir três pontos, o gol de Ramires assegurou o aproveitamento de 100% dos cruzeirenses contra os rivais neste ano – em três duelos, três vitórias. No entanto, Ramires espera que o lance no final do último confronto possa ajudá-lo a retomar a boa fase que o levou à seleção brasileira sub-23.

“A gente procura treinar para, quando chegar na frente do gol, finalizar e fazer os gols”, disse o volante, segundo o site oficial do Cruzeiro, responsável por 12,3% dos gols marcados pelo Cruzeiro em 2008. “Se vou voltar a ser goleador eu não sei, mas espero que eu possa voltar a jogar um bom futebol. É como eu falei, quando não está dando na técnica eu procuro ir na vontade, na raça para ajudar os companheiros”, acrescentou.

Ramires esteve presente nas escalações de 86,5% das partidas celestes na temporada, e admite que seu rendimento nos compromissos recentes vinha desagradando. Mesmo assim, diz não se abalar com as críticas e com os boatos, e espera que a relação com a torcida cruzeirense não se abale.

“Uma hora ia acontecer de jogar mal. E aproveitaram para falar que era minha saída, que eu estava com a cabeça na seleção. Não vejo desse jeito. Jogar o ano inteiro, do mesmo jeito, não vai ter como, mas eu procuro sempre fazer o meu melhor dentro de campo. Como já falei e sempre venho falando, estou focado e totalmente voltado para o Cruzeiro”, disse o camisa oito, ovacionado após o gol da vitória frente aos atleticanos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo