iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/07 - 12:50

Muricy quer “McLaren” são-paulina no vácuo da “Ferrari” carioca

"O Flamengo vive um momento muito bom. Essa vantagem é difícil de tirar, mas é possível", disse o treinador

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O Flamengo é vermelho, mas não é a Ferrari, e o São Paulo é Tricolor, mas não é a McLaren. No entanto, para o técnico Muricy Ramalho, as próximas rodadas do Campeonato Brasileiro terão grande semelhança com as provas do Mundial de Fórmula 1.

A competição da temporada 2008 vem sendo disputada palmo a palmo por pilotos das duas equipes, empatados na primeira posição, com 48 pontos (Felipe Massa e Kimi Raikkonen, da Ferrari, e Lewis Hamilton, da McLaren).

Nove pontos atrás do rubro-negro carioca na tabela de classificação (17 contra 26), o “piloto” da máquina tricolor não escondeu a receita para colocar o São Paulo andando forte nas pistas, ou melhor, nos campos, em busca da terceira conquista seguida de Nacional: pegar o “vácuo” do time da Gávea.

“Pouco a pouco, temos que encostar nos times da frente. Na Fórmula 1 e em qualquer esporte, a gente sabe que, quando alguém está atrás pressionando, o da frente sente um pouco.Ter um time da qualidade do São Paulo pressionando desconcentra os que estão na frente. É isso o que temos que fazer”, avisou.

O volante Richarlyson, uma das principais engrenagens do motor tricolor, concordou com a determinação do chefe da equipe. “Temos que subir degrau por degrau, mas buscar o Flamengo o mais rápido possível. Temos que tentar pegar o líder, mas não adianta dar o salto maior do que a perna, pois aí não chegamos sequer nos que estão mais próximos”.

O alerta de Richarlyson para que o São Paulo acelere com cuidado na perseguição ao rubro-negro ganhou a simpatia de Muricy Ramalho. “O Flamengo vive um momento muito bom. Essa vantagem é difícil de tirar, mas é possível. Não sabemos que vai acontecer até fechar a janela, então temos que esquecer o Flamengo e fazer a nossa parte. Precisamos ser regulares”, concluiu.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo