iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

15/07 - 20:45

Botafogo recebe lanterna Ipatinga para iniciar reação

De técnico novo, Fogão quer reagir no Brasileiro e afundar ainda mais a equipe mineira

Gazeta Esportiva

O Botafogo recebe o Ipatinga nesta quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no Engenhão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após empatar por 2 a 2 com o Santos no meio de semana, o time carioca subiu para a 14ª posição com 12 pontos, distanciando-se da zona de rebaixamento - onde se encontram os mineiros, que seguram a lanterna com sete pontos.

Curiosamente, apesar das posições na tabela e da tradição dos dois clubes, quem leva vantagem no histórico das duas equipes é o Ipatinga, que eliminou o Glorioso na segunda fase da Copa do Brasil de 2006, com triunfos por 3 a 0 em Minas Gerais e por 3 a 1 na capital carioca. Na ocasião, Ney Franco, atual técnico do Botafogo, era o comandante do Ipatinga.

Ney, que faz sua segunda partida à frente do Botafogo, tem larga história no adversário. Pelo Tigre do Vale do Aço, o treinador foi campeão mineiro em 2005 e finalista em 2006, desempenho que atraiu a atenção do Flamengo para seu trabalho. Agora, pela Série A, o técnico tentará vencer pela segunda vez o clube que o projetou nacionalmente. Na estréia do campeonato, comandou o Atlético-PR que venceu o Ipatinga por 1 a 0 no interior de Minas Gerais.

”O Ipatinga é um time que joga muito bem fora de casa, fechado na defesa e saindo em velocidade para o ataque. Foi assim contra o São Paulo, quando eles exploraram os contra-ataques e arrancaram um empate por 1 a 1. A posição deles na tabela não deve servir de referência para a nossa equipe, pois teremos muitas dificuldades pela frente”, analisou o novo comandante alvinegro.

No entanto, o técnico do Botafogo está confiante num resultado positivo, por entender que o time vai jogar melhor do que no empate contra o Santos. ”Foi meu primeiro jogo, mas tenho certeza de que o Botafogo vai evoluir com o tempo. O nosso primeiro objetivo é distanciar de vez da zona de rebaixamento e aproximar da zona de classificação para a Copa Sul-americana. Aposto que vamos apresentar uma crescente no Campeonato Brasileiro e espero uma melhora já a partir deste jogo contra o Ipatinga”, cobrou Ney Franco.

Para este jogo, Ney Franco decidiu manter a formação que empatou com o Santos. Dessa forma o volante Leandro Guerreiro, que cumpriu suspensão diante do Peixe, ficará como opção no banco de reservas. O lateral-direito Alessandro, que se recupera de lesão na coxa direita, o lateral-esquerdo Luciano Almeida, com problema na coxa esquerda, e o meia Carlos Alberto, com lesão muscular no tornozelo esquerdo, seguem vetados pelo departamento médico.

Pelo lado do Ipatinga, o técnico Ricardo Drubscky terá o retorno do zagueiro Thiago Vieira e do lateral-direito Márcio Gabriel, que cumpriram suspensão na derrota de 1 a 0 para o Figueirense e reaparecem nas vagas de Henrique e Rodriguinho, respectivamente. Em compensação, o goleiro Fred, com um problema no músculo adutor da coxa direita, fica de fora. Rodrigo Posso segue com a camisa um.

A ordem no Tigre do Vale do Aço é tirar proveito do favoritismo do time carioca para tentar sair da lanterna. “Jogando em casa, o Botafogo terá que buscar o jogo e correr riscos. Estamos preparados para tentar tirar proveito dessa situação. Mas também não vamos ficar apenas na defesa, pois temos condições de nos impor e fazer um grande jogo”, garantiu Drubscky.

Se isto não acontecer, o clima em Ipatinga ficará ainda mais pesado. Com a derrota em casa de 1 a 0 para o Figueirense na última rodada, o Tigre passou a segurar a lanterna do Brasileirão com apenas sete pontos. No momento, o sentimento dos torcedores varia entre o desânimo e o desespero, já que o time já foi rebaixado para o Módulo II do Campeonato Mineiro no início da temporada.

“O Ipatinga terá uma missão muito difícil neste campeonato. Então eu peço encarecidamente ao torcedor ipatinguense que não desanime, que não perca o estímulo. Posso garantir a eles (torcedores) que não vamos desanimar”, suplica Ricardo Drubscky, reconhecendo que a meta do time será somente manter-se na elite nacional.

Enquanto isto, reforços vão chegando. Léo Silva, que veio emprestado pelo Cruzeiro, foi relacionado pela primeira vez e pode reestrear pelo Ipatinga já contra o Botafogo. Outros que surgem para ajudar o time nesta difícil partida são o zagueiro Tiago Vieira e o lateral Márcio Gabriel.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO x IPATINGA

Local: Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de julho de 2008, quarta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Arilson da Anunciação (BA)
Assistentes: Adson Leal (BA) e Gelson Pimentel (ES)

BOTAFOGO: Castillo; Renato Silva, André Luis e Triguinho; Thiaguinho, Túlio, Diguinho, Lucio Flavio e Zé Carlos; Jorge Henrique e Wellington Paulista
Técnico: Ney Franco

IPATINGA: Rodrigo Posso; Leandro Salino, Tiago Vieira, Gian e Rodriguinho; Paulinho Dias, Augusto Recife, Léo Silva (Xaves) e Sandro; Adeílson e Marinho
Técnico: Ricardo Drubscky


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo