iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 14:42

Vasco avisa: se pedir R$ 150 mil, Roque Jr não está na realidade
Vice do Vasco garantiu que a negociação de Roque Júnior está nas mãos do presidente Roberto Dinamite

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - Enquanto pensa na equipe que irá levar a campo nos próximos jogos, Antônio Lopes também espera que a semana possa lhe reservar surpresas em termos de reforços.

O treinador quer a chegada de jogadores, principalmente para a defesa, mas evita falar em nomes e diz acreditar no esforço da diretoria. A cúpula, porém, garante que não fará loucuras.

O pentacampeão mundial Roque Júnior, Juninho, do São Paulo, e até mesmo o veterano Odvan são os mais comentados nos corredores de São Januário. Novo vice-presidente de futebol, Manoel Fontes garantiu que a negociação de Roque Júnior está nas mãos do presidente Roberto Dinamite.

“Nesta questão do Roque Júnior, a negociação foi iniciada antes de eu assumir. Quem está tratando é o presidente com o próprio jogador”, afirmou o dirigente que, no entanto, falou sobre a possível pedida salarial de Roque Júnior.

“Se ele realmente estiver pedindo R$ 150 mil reais por mês, eu considero que ele está fora da realidade”, completou Manoel Fontes, o Neca, à Rádio Brasil.

O vice-presidente de futebol do Vasco ainda comentou com pessimismo sobre o possível retorno do meia Felipe para o segundo semestre. “Pelo que estou sabendo, ele está muito satisfeito lá no Catar e seria difícil romper o contrato que ele tem por lá. Não tem nada de concreto nesta situação”, salientou Neca.

Porém, antes dos reforços chegarem a São Januário, Antônio Lopes também aproveita para elogiar os jovens formados nas categorias de base do Vasco.

“O Vasco faz um bom trabalho na base e tem jogadores com grande potencial. Só que estes garotos não vão explodir de uma hora para outra. Acho que eles precisam de uma seqüência de jogos e trabalho e, acho que se o Vasco mantiver esse trabalho, poderá colher os frutos no ano que vem”, afirmou o treinador.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo