iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 09:34

Profissão árbitro de futebol é estabelecida na Suécia
Federação sueca anunciou nesta segunda a profissionalização dos seus árbitros para 2009

Trivela.com

ESTOCOLMO (Suécia) - Já faz tempo que a questão da profissionalização dos árbitros de futebol é discutida. Ao menos no Brasil, a cada erro decisivo de um juiz, o assunto vem à tona. O debate é polêmico, mas parece ser (quase) um consenso de que esta medida poderia melhorar o nível do esporte.

Na última semana, a Suécia deu o primeiro passo para a mudança: a partir de 2009, apenas juízes profissionais apitarão as partidas da Allsvenskan, a primeira divisão do país.

“A Allsvenskan melhora ano após ano. Mas o desenvolvimento dos juízes é algo que permanece estático. A partir de janeiro de 2009, 10 homens estarão prontos e farão parte da primeira equipe de juízes profissionais da Suécia. Isso vai levantar o futebol”, declarou otimista, Lars-Åke Lagrell presidente da Federação.

O financiamento para a realização do projeto está segurado até 2011. Ao todo, cinco milhões de coroa que vieram dos ganhos da seleção com a participação na última Eurocopa serão empregados, o restante sairá da Associação dos clubes que estão na elite. Cada juiz terá um salário fixo e o restante dependerá de quantos jogos cada um deles apitará por mês.

O projeto será analisado após três anos em atividade e posteriormente um novo financiamento poderá ser solicitado à FIFA. Além de pioneira, a iniciativa mostra, no mínimo, seriedade na administração do futebol.

A decisão gera tanta discussão que na vizinha Noruega alguns árbitros manifestaram-se contrários à esta idéia. O juiz e psicólogo Tom Henning Øvrebø acredita que não é necessário que a medida seja adotada imediatamente também no país.

“Profissionalismo é mais atitude do que dinheiro. Todos os juízes da Tippeligaen são profissionais. Não tem nada ver com o dinheiro. Minha experiência é que faz diferença nas partidas.”, declarou Øvrebø, ao jornal VG.

Difícil imaginar que a profissionalização da arbitragem não êxito. Porém, só a experiência irá comprovar. De qualquer maneira é do país escandinavo que sai a primeira iniciativa. Talvez os brasileiros, tão descontentes com a arbitragem, tenham a partir do próximo ano um bom motivo para saber o que acontece por lá.

Cem anos de futebol

No dia 12 do julho de 1908, Noruega e Suécia entravam em campo pela primeira vez para uma realizar uma partida oficial entre seleções. O jogo aconteceu em Gotemburgo e contou com a presença de três mil espectadores que assistiram ao debut dos times que não jogaram na grama e sim, em uma espécie de areia grossa.

Logo aos 45 segundos de jogo, os noruegueses deixaram o pequeno público sueco em choque. Norman 'Minotti' Bøhn abriu o placar e entrou para a história como o primeiro jogador a marcar um gol pela seleção norueguesa. Porém, os suecos terminaram o primeiro tempo em vantagem: 5 a 2 para o time da casa. Com o apito final, a supremacia sueca era ainda maior, o jogo terminou: 11 a 3.

Após enfrentar a Suécia, a Noruega só voltaria a entrar em campo dois anos depois. Já seu adversário, naquele mesmo 1908 jogaria oficialmente mais cinco vezes, inclusive pelas Olimpíadas, porém saiu derrotada de todas.

Interessante que as primeiras quatro partidas da seleção norueguesa aconteceram contra seus vizinhos suecos, foram quatro derrotas consecutivas. O primeiro jogo disputado em um campo de grama aconteceria apenas em1911, em Estocolmo, capital da Suécia.

Ao todo, foram nove derrotas antes do primeiro empate, que aconteceu contra a Rússia, em Moscou, no dia 14 de setembro de 1913. A vitória aconteceria apenas 27 jogos depois e quase dez anos após a partida de Gotemburgo. Diante de 12 mil espectadores, a Noruega venceria a Dinamarca por 3 a 1. Meses depois, finalmente os noruegueses comemorariam uma vitória contra a vizinha e rival Suécia, 2 a 1, no antigo estádio Gamle Frogner, em Kristiania, antigo nome da capital Oslo.

Será a queda?

O campeão Tampere United continua com problemas no Campeonato da Finlândia. Neste final de semana, o time saiu derrotado de campo por 2 a 1 pelo FC Honka. Aleksandr Kokko foi o principal jogador da partida e marcou os dois gols do Honka.

A situação do poderoso TamU surpreende negativamente. Em doze rodadas disputadas, a equipe saiu de campo vitoriosa em apenas três oportunidades.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo