iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 18:53

Para Elias, Palmeiras rasgou dinheiro com sua saída
Após deixar o Palmeiras em 2005, Elias passou por Juventus, Náutico e Ponte Preta antes de chegar ao Corinthians

Gazeta Esportiva

SÃO PAULO - O meia Elias foi negociado com a Traffic para reforçar não o Palmeiras, porém o arqui-rival Corinthians. Revelado no Palestra Itália, o jogador critica a diretoria do ex-clube por fazer sua parceira investir milhões em contratações, ao invés de valorizar as categorias de base.

“No Palmeiras, nunca tive oportunidade nem de treinar na equipe profissional. Quando o meu contrato acabou, já havia um de gaveta assinado, mas não houve renovação. Paciência. Procurei meu espaço em outros clubes. Graças a Deus, deu certo e hoje estou no Corinthians”, comentou.

Elias contou que, nos tempos de Palmeiras, foi contemporâneo do lateral-direito Ilsinho, que se transferiu para o São Paulo e depois ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e do meia Marquinhos, hoje no Figueirense. “Tínhamos bons valores. Não sei se queriam rasgar dinheiro. Se houve má-fé, não sou eu quem deve analisar”, afirmou.

Após deixar o Palmeiras em 2005, Elias passou por Juventus, Náutico e Ponte Preta antes de chegar ao Corinthians. Mesmo magoado com a saída do Palestra Itália, ele diz que a experiência lhe ajudou no Parque São Jorge. “Aprendi muita coisa no Palmeiras. Como a minha base toda foi em time grande, já esperava me adaptar facilmente aqui”, relacionou.

Elias é do tipo de jogador que, por profissionalismo, recusa-se a revelar o time para qual torcida na infância. Mas já esqueceu o passado no arqui-rival e sente-se corintiano. “Na primeira vez em que joguei no Pacaembu, percebi que era diferente. Não entramos em campo com 11 jogadores, mas com 12, 13 ou 14. A torcida joga junto o tempo todo”, lembrou o meia, com brilho nos olhos.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo