iG - Internet Group

iBest

brTurbo

 

Futebol

14/07 - 14:52

Jogo com Ipatinga é visto como divisor de águas no Botafogo
Os botafoguenses acreditam que, a partir deste duelo, o Glorioso vai engrenar de vez na competição

Gazeta Esportiva

RIO DE JANEIRO - O técnico Ney Franco mal chegou ao Botafogo e já dirigiu o time no empate por 2 a 2 na Vila Belmiro contra o Santos. Por muito pouco a equipe carioca, que chegou a abrir 2 a 0, não ganhou.

E essa melhora no padrão de jogo está deixando todos mais animados em General Severiano. Por isso, o jogo de quarta-feira contra o Ipatinga, no Engenhão, é tido como um divisor de águas. Os botafoguenses acreditam que, a partir deste duelo, o Glorioso vai engrenar de vez na competição.

“Senti uma vibração muito boa no Botafogo nesses primeiros dias de trabalho e isso me faz acreditar que teremos grandes chances de fazer uma ótima campanha no Brasileiro e brigar pelo título na Sul-Americana. Logo logo, estaremos melhores colocados na tabela de classificação. Vamos mostrar um futebol melhor ainda na quarta-feira contra o Ipatinga”, promete Ney.

Os jogadores concordam com o treinador e estão encarando a partida contra os mineiros, lanternas do Brasileiro com apenas sete pontos em 11 rodadas, como a possibilidade de crescerem de vez na competição.

“Vamos jogar em casa, onde não podemos perder pontos na competição. Perdemos três pontos na derrota para a Portuguesa e não conseguimos recuperar ainda, buscamos apenas um contra o Santos. Além de recuperar os dois pontos que faltam como visitantes, não podemos mais perder nenhum como anfitrião, pois o que conseguirmos fora tem que ser um diferencial ao nosso favor”, analisou o volante Túlio.

Lucio Flavio é outro que vê o jogo contra o Ipatinga como fundamental, pois, em caso de triunfo, o Alvinegro pode se distanciar da zona de rebaixamento e encostar no grupo que hoje se classificaria para a Sul-Americana. Por isso, o meia pede a presença da torcida.

“Vamos jogar em casa e temos que ganhar do Ipatinga de qualquer maneira pois, com todo respeito ao nosso adversário, é jogo que contamos com três pontos. Até porque depois tem o São Paulo no Morumbi e temos que viajar para lá tranqüilos. Quero ver o Engenhão lotado, voltando a ser o caldeirão que foi no Campeonato Carioca e recentemente na Copa do Brasil. Lá ninguém pode ganhar do Botafogo”, convocou.


Leia mais sobre:

> Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Topo